Pravda.ru

Ciência

Primeira estação piloto de alerta de tsunamis em Algarve

20.08.2007
 
Primeira estação piloto de alerta de tsunamis em Algarve

A primeira estação piloto do Atlântico e Maditerraneo de alerta de tsunamis será instalada em próximos dias na zona marítima junto ao Algarve. Com este objetivo ontem (19) o navio italiano «Urania» partiu do cais de Faro.

Segundo Diário Digital, o observatório, baptizado de «Geostar», foi colocado a 150 quilómetros da ponta de Sagres e perto do Golfo de Cádis para medir os níveis sísmicos da área e estudar a formação de uma eventual onda gigante, prevenindo catástofres, como a que aconteceu em Dezembro de 2004.

O aparelho ficará submerso numa área onde se registam muitos sismo e, durante cerca de um ano, estudará a zona junto ao Algarve, de acordo com o coordenador do projecto, Nevio Zitellini, do Instituto de Ciências Marítimas em Bolonha, na Itália. “Vamos monitorizar a área tectónica directamente”, disse Zitellini, reiterando que o Algarve está muito perto de zonas de risco de sismos e tsunamis

Na Ásia, existe equipamento capaz de alertar a população da existência de tsunamis passado uma hora, mas no Mediterrâneo o desafio é realizar a sua vigilância directamente na falha tectónica.

«Saber quando é que vai aparecer uma onda gigante e poder alertar em tempo útil as pessoas de todo o mundo, mas principalmente as que estão junto à costa marítima, é um dos grandes objectivos do projecto europeu Nearest», acrescentou Zitellini.


Loading. Please wait...

Fotos popular