Pravda.ru

Ciência

OVNI: Alerta na China

20.07.2010
 
OVNI: Alerta na China

Na semana passada, um Objeto Voador Não Identificado interrompeu o tráfego no aeroporto de Xiaoshan na RP China. O incidente ocorreu na noite passada de quarta-feira, 14 de julho. 18 voos, envolvendo 2.000 passageiros, foram afetados pela aparição, que foi vista por vários testemunhos oculares (ver foto), mas não apareceu no sistema de radar do aeroporto.


China Daily informa que o incidente com o OVNI ocorreu na semana passada por cima do aeroporto de Xiaoshan, Hangzhou, capital provincial da Província de Zhejiang, mais especificamente em torno de 20,30 na quarta-feira 14 de julho, e que ainda não foi resolvido. O aeroporto foi fechado depois que um funcionário do aeroporto viu "um objeto brilhante e a cintilar" sobre o aeroporto às 20h30. As autoridades foram informadas e o aeroporto foi fechado quinze minutos depois.


O objeto não tinha aparecido nos sistemas de radar do aeroporto, mas foi fotografado por um testemunho ocular (ver foto) e foi suficientemente grave para fechar o aeroporto "por razões de segurança" até 21,41. Dezoito vôos foram perturbados com o incidente, afetando cerca de dois mil passageiros. Doze voos de entrada tiveram que ser desviados para o aeroporto de Ningbo, na província de Zhejiang e Wuxi na província de Jiangsu. Seis vôos sofreram atrasos de saída de entre três e quatro horas.


O incidente apareceu na internet às 23:00 na noite da mesma quarta-feira, quando um internauta escreveu três entradas na Sina.com, mas estas foram excluídas, pouco depois, após ele alegar que não tinha pesquisado corretamente suas histórias, relatou o China Daily.


Como, então, explicar o incidente e a fotografia? A Agência de Notícias Xinhua citou Wang Jian, o Chefe de Controle de Tráfego Aéreo com o ramo de Zhejiang da Civil Aviation Administration da China (CAAC), que disse que no dia seguinte "Nenhuma conclusão foi feita" e negou relatos da mídia local de que poderia ter sido um avião privado como "um palpite”, enquanto a China Daily citou "uma fonte com conhecimento do assunto" indicando que havia uma ligação militar e que uma explicação seria dada.


Até à data, as autoridades locais afirmam que o responsável pela indemnização aos passageiros e às companhias aéreas para a interrupção será o Objeto Voador Não Identificado. E nenhuma explicação foi proveniente.


Timofei BELOV
PRAVDA.Ru


Loading. Please wait...

Fotos popular