Pravda.ru

Ciência

Mais da metade das vítimas de estupro tem menos de 13 anos

18.11.2014
 
Mais da metade das vítimas de estupro tem menos de 13 anos. 21158.jpeg

RIO DE JANEIRO/BRASIL - No Brasil, 88,5% das vítimas de estupro são do sexo feminino, 51% de cor preta ou parda e 46% não possuem ensino fundamental. Além desses dados, mais da metade das vítimas de estupro no País são menores de 13 anos, de acordo com estudo divulgado pelo Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (Ipea). Elas (as menores de 13 anos) representam 50,7% do total. Os adolescentes (14 a 17 anos), representam 19,4% das vítimas e os adultos (18 anos ou mais), 29,9%.

Por ANTONIO CARLOS LACERDA

PRAVDA.RU

 

O levantamento é baseado em dados de 2011 do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) do Ministério da Saúde e leva em conta dados repassados por 2.113 municípios com centros de saúde, que atendem a 74,6% da população brasileira.

 

Em 2011, houve 12.087 notificações de casos de estupro no Brasil pelo Sinan. O número equivale a cerca de 23% do total registrado na polícia em 2012, segundo o Anuário 2013 do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP).

 

Em 2011, houve 12.087 notificações de casos de estupro no Brasil pelo Sinan. O número corresponde a cerca de 23% do total registrado na polícia em 2012, conforme dados do Anuário 2013 do FBSP.

 

Segundo a pesquisa, 88,5% das vítimas eram do sexo feminino, 51% de cor preta ou parda e 46% não possuíam o ensino fundamental completo (considerando as vítimas de escolaridade conhecida, o índice sobe para 67%).

 

Quando no agressor é conhecido, a maior parte dos casos acontece dentro de casa, independentemente da idade da vítima. Foram registrados 5.358 casos em residências. Entre as crianças, o local foi cenário do abuso em 78% dos casos. Entre adolescentes, em 67% e entre adultos 65%.

 

Quando o agressor é desconhecido, as crianças continuam sendo vítimas dentro de casa na maior parte dos casos, ou 31,3% do total. Entre adolescentes, o abuso por desconhecidos acontece majoritariamente em vias públicas (39,5%) - as residências correspondem a 21,7%. Entre adultos, as vias públicas também predominam, com 49,6% do total, seguidas pelo ambiente doméstico, com 21,5%.

 

Os dias da semana em que estupros são cometidos são as segundas-feiras, que representam 21,3% dos registros contra criança, 20,7% contra adolescentes e 21,1% contra adultos. Ao longo do ano, agosto lidera estatísticas no abuso de crianças (9,5% dos casos), outubro no de adolescentes (9,9%) e setembro no de adultos (10,9%).

 

 

ANTONIO CARLOS LACERDA é Correspondente Internacional do PRAVDA.RU

 


Loading. Please wait...

Fotos popular