Pravda.ru

Ciência

Os Verdes: Parque Regional do Vale do Tua

18.09.2013
 
Os Verdes: Parque Regional do Vale do Tua. 18890.jpeg

Termina hoje a Consulta Pública do Projecto de construção, instalação e gestão do Parque Regional do Vale do Tua, na qual o Partido Ecologista "Os Verdes" decidiu não participar, por considerar que este "Parque" não passa de um embuste, tal como o afirmámos logo em 2010 quando foi alvitrada a sua criação.  

PARQUE REGIONAL DO VALE DO TUA - UM EMBUSTE QUE OMITE A BARRAGEM

MAS "ÚTIL" EM TEMPO DE AUTARQUICAS

Termina hoje a Consulta Pública do Projecto de construção, instalação e gestão do Parque Regional do Vale do Tua, na qual o Partido Ecologista "Os Verdes" decidiu não participar, por considerar que este "Parque" não passa de um embuste, tal como o afirmámos logo em 2010 quando foi alvitrada a sua criação.  

 

O "Parque" não passa de uma camuflagem para encobrir os imensos e irreparáveis danos da Barragem sobre o Vale do Tua e para minimizar custos à EDP, desviando dinheiros do fundo de compensação da conservação de natureza para projetos de desenvolvimento local que a EDP deveria suportar à parte no quadro das medidas de compensação às populações e à região afetada.

 

Este projeto é ainda uma tentativa de calar a oposição à barragem, o descontentamento das populações e de iludir a UNESCO.

 

Mesmo sem participar na consulta pública, "Os Verdes" não deixarão de analisar o Projecto em consulta sobre o qual emitem as seguintes considerações:

 

1º - A Barragem de Foz Tua e os seus impactos é completamente omissa:

 

Não pondo em causa a seriedade dos estudos apresentados, nomeadamente a nível da biodiversidade, do património, ou noutros parâmetros analisados, não podemos no entanto deixar de estranhar que eles se desenrolem todos a partir da caracterização de uma realidade pré-barragem e como se não tivesse prevista a sua existência.

 

Os documentos em consulta pública omitem pura e simplesmente qualquer abordagem às alterações na paisagem, na biodiversidade ou na socio economia decorrentes da construção da Barragem, nomeadamente das infraestruturas, paredão, central elétrica, linhas de muito alta tensão e do espelho de água que irão ocupar grande parte da zona mais interessante e que dá o nome ao dito Parque, o Vale do Tua.  

 

2º - O diagnóstico da área abrangida (sem barragem) mostra quanto os valores naturais, paisagísticos e culturais são imensos e verdadeiros.

 

A amnésia deste diagnóstico, não deixa de ser interessante pois acaba por pôr a nu a riqueza natural, paisagística e cultural desta área e o potencial de desenvolvimento sustentável que encerra, tal como "Os Verdes" sempre disseram e que foi deliberadamente omisso ou subvalorizado na decisão que deu suporte à construção da Barragem por forma a escamotear a verdadeira dimensão do crime. Potencial que ainda era maior, antes do desmantelamento da Linha do Tua, verdadeiro ex-líbris desta área, e da destruição já consumada pelas obras da Barragem.

 

"Os Verdes" não têm dúvidas que a área analisada aquando dos estudos que dão suporte ao Projecto, poderia merecer a classificação de Parque Regional, mas o que é verdade é que esta vai ser sujeita a transformações tão profundas, com a construção da Barragem, que as suas características vão ser irremediavelmente destruídas.

 

Ora os Parques são figuras que foram criadas para classificar e proteger ecossistemas ricos, diversificados, únicos e autênticos onde os homens e a natureza vivem em harmonia. As áreas criadas pelas albufeiras não entram nestes critérios, são áreas artificiais, pobres em biodiversidade, onde muitas vezes predominam as espécies exóticas e de paisagens uniformes iguais a muitas outras no país.

 

A criação deste "Parque" não passa de uma grande hipocrisia, de uma ideia luminosa da EDP, onde esta adultera e perverte os conceitos e fins subjacentes ás áreas classificadas, para branquear o crime que a Barragem consubstancia.

 

Uma forma também para em troca de "alguns tostões" calar os autarcas do PSD e PS que tem presidido aos destinos dos Concelhos envolvidos.

 

"Os Verdes" não se deixarão enganar com este projeto.

 "Os Verdes"

 


Loading. Please wait...

Fotos popular