Pravda.ru

Ciência

Tubo plástico de três dólares pode salvar vidas

17.10.2006
 
Tubo plástico de três dólares pode salvar vidas

A empresa dinamarquesa,  Vestergaard Frandsen,fornecedora de filtros de água para um programa de erradicação da Filaria meniditis e de mata-mosquito plástico em campos de refugiados para Carter Center, desenvolveu uma nova invenção que promete transformar água poluída em potável.

Segundo reportagem publicada pelo "The New York Times", a invenção, chamada de "Lifestraw", é um tubo plástico com 7 filtros; divididos em camadas, com minúsculos buracos de 6 mícron (um cabelo humano possui de 50 a 100 mícron), com resina impregnada de iodo e carbono ativo. Pode ser carregado no pescoço e dura anos.

Divulgação
 
Mais de 6 mil pessoas morrem diariamente por doenças provenientes de água não-potável
O "Lifestraw" não é perfeito, mas filtra pelo menos 99,99% de muitos parasitas e bactérias, os demônios de muitos casos fatais de diarréia.

Ele é menos eficiente com vírus, os quais são muito menores e causam doenças como pólio e hepatite, e não protegeria mochileiros americanos contra a parasita giargia, afirma o jornal.

O Lifestraw também não filtra metais como arsênico, e deixa um leve sabor de iodo na boca (o que não é necessariamente ruim para muitas regiões do globo com deficiência de iodo).

Pode ser fabricado por US$ 3, mas necessita de mais testes de campo. Apenas 100 mil foram feitos, dos quais 70 mil foram para as vítimas de terremotos na Caxemira, ano passado.



Fotos popular