Pravda.ru

Ciência

Rússia deverá construir colisor nuclear

16.09.2008
 
Rússia deverá construir colisor nuclear

Cientistas russos reuniram-se para um encontro com a imprensa depois do lançamento bem-sucedido do Grande Colisor Hadron - Large Hadron Collider (LHC). O acadêmico Viktor Matveyev apresentou sugestão de construção de outro acelerador que seria muito mais poderoso do que o LHC.

O acadêmico disse que seria possível construir o colisor russo na região de Moscou. A comunidade científica atualmente discute a possibilidade de construção de um grande colisor nuclear de elétrons e posítrons. Tal acelerador não requereria ímãs poderosos, o que simplificaria sua construção.

"Os cientistas russos do Instituto Unido de Pesquisa Nuclear em Dubna [região de Moscou] sugeriram à comissão internacional a idéia de construir-se tal acelerador na região de Moscou, na Rússia," disse o acadêmico. O cientista acrescentou que a comissão internacional reagiu a tal sugestão de maneira muito compenetrada.

"A comissão enviou uma influente delegação a Dubna para examinar a sugestão em detalhe, examinou os locais propostos e concluiu que alquele seria um dos melhores lugares para tal construção," disse Viktor Matveyev.

O projeto permitirá que a Rússia dê um largo passo em termos de desenvolvimento tecnológico nacional, disse o acadêmico.

É digno de nota que a idéia do colisor surgiu originalmente na Rússia.

"A primeira idéia de usar-se o método de colisão de feixes de partículas em física de partículas surgiu na Rússia. Nasceu no Instituto de Física Nuclear de Budker, da Divisão Siberiana da Academia. Budker provou, em seu instituto, que não se tratava apenas de ficção científica, e sim de uma brilhante idéia que permite aumentar a energia gerada em decorrência da colisão de partículas," disse o acadêmico.

O primeiro colisor foi feito em Novosibirsk, na Rússia. Esse colisor ainda está em uso, disse o cientista. Eduard Boos, outro participante da conferência, lembrou que a União Soviética tinha planos de construir um grande colisor também na região de Moscou. Foi construído um túnel de 21 quilômetros de comprimento para o colisor, mas a construção foi paralisada nos anos 1990.

O Grande Colisor Hadron é o maior acelerador de partículas já construído. Diversos milhares de físicos de 85 países, inclusive cerca de 700 cientistas russos, participaram de seu desenvolvimento. O volume de dados gerado pelo sistema de informação do LHC é tão descomunal que para conter os dados gerados a cada segundo seria necessária uma pilha de CD de 137 metros de altura.

 Tradução  da versão inglesa Murilo Otávio Rodrigues Paes Leme

 zqjxkv@gmail.com ywkzxj@gmail.com


Loading. Please wait...

Fotos popular