Pravda.ru

Ciência

Rússia: Destino - Marte!

15.02.2011
 

Uma palavra nova é lançada na Rússia: Marsonauta. Os seis membros do programa de simulação para uma visita a Marte iniciaram a terceira fase do experimento, ou seja, um pouso em Marte seguido pela primeira caminhada. A bandeira russa agora voa firme e orgulhosamente no Planeta Vermelho!

O trabalho está em andamento na Rússia nos primeiros testes ativos na fase de simulação do vôo espacial tripulado para Marte. A tripulação multinacional do programa Mars500 finalmente pousou no planeta vermelho e hoje deram seus primeiros passos fora, depois de estarem selados dentro de uma nave espacial simulada por seis meses. Próximo alvo: uma missão de mulheres para Marte!

No sábado, a tripulação de seis homens - três russos, um italiano/colombiano, um francês e um chinês - pousou na superfície simulada do Planeta Vermelho em uma biosfera especialmente concebida em Moscou depois de uma viagem de seis meses entre o "espaço" selado em um transporte de cápsula. O pouso foi concluído com êxito ao meio-dia MSK (15h00 GMT) após a viagem, sem luz solar ou acesso a água potável.

O projeto, que começou em 03 de junho do ano passado, é organizado pela Agência Espacial Europeia e o Instituto Russo de Assuntos Biomédicos e destina-se a estudar como o corpo humano irá gerir em condições extremas uma missão de 520 dias a Marte. O projeto simula todos os aspectos de um vôo tripulado a Marte, ida e volta (250 dias de viagem de ida, uma estadia de 30 dias e uma viagem de retorno de 240 dias), exceto a radiação e leveza; o módulo contém uma sala de estar, um armazém, um

mini-jardim e um laboratório.

Os seis participantes, liderados pelo "cosmonauta" russo Aleksei Sityov foram escolhidos entre um total de 6.000 pessoas de 40 países. São eles:

Romain Charles, o engenheiro francês;
Sukhrob Rustamovich Kamolov, cirurgião russo;
Alexey Sergevich Sitev, engenheiro russo e comandante da missão
Alexandr Egorovich Smoleevskiy, fisiologista russo (clínico geral).
Diego Urbina, engenheiro ítalo-colombiano.
Wang Yue, instrutor chinês no Centro de Pesquisa e Treinamento de Astronautas na RP China.

Eles receberão 100.000 dólares cada um pela sua participação no programa.

Na segunda-feira realizou-se a caminhada em Marte pela primeira vez. Os Marsonautas Aleksandr Smoleevskiy e Diego Urbina colocam seus trajes espaciais e pisaram a superfície do planeta vermelho, gastando em torno de uma hora e meia a explorar a superfície. Uma parte importante da missão foi o plantio das bandeiras russas e chinesas sobre a superfície, juntamente com a bandeira da Agência Espacial Europeia.

Outros passeios nos próximos dias irão simular a procura de água e situações de emergência, como uma tempestade de areia ou uma chuva de meteoros. O exercício simulado será encerrado em 23 de fevereiro.

Timothy Bancroft-Hinchey
Pravda.Ru

 


Loading. Please wait...

Fotos popular