Pravda.ru

Ciência

Louis Braille - 13 de Dezembro Dia do Deficiente Visual

14.12.2008
 
Louis Braille - 13 de Dezembro Dia do Deficiente Visual

Fahed Daher


Louis Braille nasceu em 4 de Janeiro de 1809 na França. Seu pai, um fabricante de arreios e selas. Aos três anos, ao brincar na oficina do pai, Louis feriu-se no olho esquerdo. Acometido de infecção que acometeu o olho direito pela oftalmia simpática, desconhecida naquele tempo, resultou a cegueira total. - Na tentativa de leva-lo a uma vida o mais possivel normal, os pais e o padre da paróquia, matricularam-no numa escola local.

Aos 10 anos de idade, Louis ganhou uma bolsa do Institut Royal para jovens cegos, de Paris.

-O fundador do instituto foi um dos primeiros a criar um programa para ensinar os cegos a ler. As primeiras experiências eram a gravação em alto-relevo de letras grandes, em papel grosso. Aprendiam a ler limitadamente mas não conseguiam escrever. porque a impressão era feita com letras costuradas no papel. - Na ocasião, ele disse: "Se os meus olhos não me deixam obter informações sobre homens e eventos, sobre ideias e doutrinas, terei de encontrar uma outra forma."

Naquele tempo, 1821, os excepcionais eram levados a serviços imundos ou a palhaços circences, tratados como animais. Ainda ha cerca de setenta anos passados, no Brasil como em tantas partes do mundo, os cegos , os excepcionais eram despresados e muitas familias escondiam seus parentes nestas condições por serem julgados os castigados de Deus.

Internado no Instituto para cegos, as poucas vezes que Braile se aventurava em sair para a rua onde era tratado como animal.

Mas, jovem ainda, pelas mãos de uma senhora piedosa foi levado para uma igreja onde havia um grande orgão, apoiado por esta senhora que teve a sorte de ter herdado fortuna consideravel e se tornara organista, foi ensinado nesta arte e tornou-se um grande consertista da época. Já moço encontrou um capitão reformado da artilharia que apresentou um sistema de comunicação chamado de escrita nocturna.

Tratava-se de um método de comunicação táctil que usava pontos em relevo e que tinha aplicações práticas no campo de batalha, quando era necessário ler mensagens sem usar a luz. Assim, era possível trocar ordens e informações de forma silenciosa. Usava-se uma sovela para marcar pontinhos em relevo em papelão, que então podiam ser sentidos pela ponta dos dedos no escuro, pelos soldados.

Assim, nos dois anos seguintes, Braille esforçou-se em simplificar o código. Por fim desenvolveu um método eficiente e elegante que se baseava numa célula de apenas três pontos de altura por dois de largura. O sistema desenvolvido por Braille, simples, com apenas seis pontos. Braille, em seguida, melhorou o seu próprio sistema, incluindo a notação numérica e musical. Em 1824, com apenas 15 anos, Louis Braille terminou o seu sistema de células com seis pontos. Pouco depois, ele mesmo começou a ensinar no instituto e, em 1829, publicou o seu método exclusivo de comunicação que hoje tem o seu nome. Excepto algumas pequenas melhorias, o sistema permanece basicamente o mesmo até hoje.

Apesar de tudo, levou tempo até essa inovação ser aceita. As pessoas que tinham a faculdade de ver livremente não entendiam a utilidade do sistema inventado por Braille e que utilidade podia ter. Um dos professores principais da escola chegou a proibir seu uso pelas crianças. Consta que em certa ocasião Braile conseguiu apresentar seu método ao imperador que se entusiasmou e adotou oficailmente o método. Uma luta e uma determinação que mostrou ao mundo o valor da dedicação incansavel do espírito de quem, com toda dificuldade e a exaltação da auto-estima poe chegar ao sucesso. - Naquela época, ainda, o conhecimento de germens patogênicos, descoberto por Louiz de Pasteur, não existia e Braile sucumbiu morto pela tuberculose. Hoje, cegos dos olhos, aprimoram a visão do espírito.


Fahed Daher - Oculista - Apucarana

http://www.guiasaojose.com.br/novo/coluna/index_novo.asp?id=1968


Loading. Please wait...

Fotos popular