Pravda.ru

Ciência

Olimpíada Internacional de Química

12.07.2007
 
Olimpíada Internacional de Química

Batendo saudades dos JJOO 1980 a olimpíada internacional de química vai ocorrer de 14 até 24 de julho no Lomonosov Moscow State University. A capital da Federação Russa é sede deste grande evento do educativo.Dos 68 países participantes, cinco sul-americanos procuram o sucesso. 

Argentina, Brasil, Peru, Uruguai e Venezuela são os representantes sul-americanos nestes Jogos Olímpicos da Química que vão ocorrer nos próximos dias em Moscovo.

Quanto tem a ver com a sede, é bom salientar que a Federação Russa tem uma população de 143 milhões, e a maior superficie dos países do mundo, por volta dos 17 milhões de quilômetros cuadrados, sendo que 5 deles pertencem à Europa e o resto ao continente Asiático.

Moscovo carimbada como capital da Federação Russa ergue-se na beira do Rio Moscova recebendo inúmeros canais, riachos e rios com navegação fluente que comunicam-na com o resto do país e os mares Bâltico, Cáspio, Negro, Blanco e Azov.

A sede do próprio evento é um dos ícones arquitetônicos da cidade, com cara de mastodonte (240 metros de altura) que no dia a dia recebe uns 50 mil estudantes e 7 mil com pos-graduação.

Assim que as delegações chegarem na cidade, o Comité Organizador do eventos vai transportar os estudantes até o Hotel Olympian que foi construido no ano 1980 tendo como alvo naqueles dias hospedar os atletas dum dos poucos JJOO boicoteados.

A Cerimônia de Abertura vai acontecer o 16 de julho, sendo que as provas no Laboratorio e teóricas, estão marcadas na agenda para 18 e 20 de julho com extensão horária por volta das 5 horas.

Os 270 alunos terão seu prêmio pelo esforço realizado no decorrer dos dias 21 até 24 pois vão fazer um Circuito Turístico pela cidade e redondezas, montado pelo Comité Organizador.

Por enquanto, os professores,  como Júri Internacional das Olimpíadas Químicas vão corregir as provas, começando encaminhar medalhas aos vitoriosos.

A Cerimôonia de Encerramento vai acontecer na segunda 23 de julho.

Uruguai envia quatro representantes além do professor William Stebniki como coordenador da delegação.

Os nota dez na classificatória uruguaia que ganharam sua vaga nos JJOO Moscovo 2207 foram os alunos que detalham-se a seguir:

Sebastián Bascardal, 17 anos como representante do Liceo No 1 “Eduardo Fabini” da cidade de Minas, Departamento de Lavalleja.

Joaquin Grassi, 18 anos como representante do Liceo Teresiano da cidade de Rivera, fronteira com Santana do Livramento no Rio Grande do Sul, Brasil, com sotaque português pelo convívio no dia a dia com os brasileiros.

Rivera-Livramento é conhecida como a Fronteira da Amizade

Da capítal uruguaia, apenas dois representantes do Liceo Militar General Artigas (em homenagem ao máximo herói uruguaio), Diego Otero tendo completado 18 anos e Sebastián Fiamene com 17 anos.

Os quatro membros participantes da delegação classificaram o dia 4 de novembro de 2006, num certame que envolveu o país inteiro.

Logo em dezembro do ano retrasado, os alunos receberam o material de trabalho e o planejamento dos treinos.

Já dando um mergulho no início deste ano 2007, os alunos começaram aprofundar no estudo dos assuntos propostos pelo Comité Científico da Olimpíada de Química, realizando provas no Laboratório e acompanhando os resultados no dia a dia fechando esse planejamento com atividades em junho que abrangeram o análise dos testes preparatórios enviados pelo Comité organizador do país anfitrião.

Para esta turma uruguaia o grande desafío sem dúvida é formar parte desta delegação rumo à Federação Russa tentando obter os melhores resultados mas assim que voltarem, haverá mais um desafio Ibero-Americano na cidade do Rio de Janeiro que continuam monstrando sua cara para o mundo com inúmeras amostras como os Pan Rio 2007, o Cristo que logo das pregações do povo brasileiro acabou tornando-se mais uma “maravilha” deste mundo e logo a 12ª. Olimpíada Ibero-Americana de Química, participando do evento quatorze países, lusósonos e castelhanos

De 1 até 9 de outubro as terrinhas cariocas vão convivir com seus Fla-Flu da vida, a Sapucaí sem aquela movimentação do Carnaval mas sendo a Sapucaí, a orla, o Corcovado  e uma Olimpíada Ibero-Americana de Química. 
 

Como sempre o PRAVDA agradece o apoio na montagem das matérias para todos aqueles que contribuiram nesta realidade que permite informar nossos leitores com notícias obtidas do coração da organização como é o caso do Sr. William Stebniki como Coordenador da turma uruguaia, a Sra. Susana Angeriz com posicionamento de Secretária da Direção Geral de Ensino Secundário uruguaio e do lado do Liceo Militar General Artigas, o Cel. Juan José Saavedra como Diretor do Instituto e sua Secretária Sra. Shirley Di Trápani. 

Gustavo ESPIÑEIRA

PRAVDA.Ru

Montevidéu – Uruguai 


Loading. Please wait...

Fotos popular