Pravda.ru

Ciência

PEV confronta Governo sobre abate de 12.000 sobreiros

11.07.2008
 
PEV confronta Governo sobre abate de 12.000 sobreiros

“Foi anunciada a construção de um estabelecimento prisional na Freguesia das Fazendas de Almeirim em 42 hectares de montado de sobro, cortando 12.000 sobreiros, espécie protegida, de elevado valor ambiental e de combate à desertificação, que dá rendimentos à Freguesia e que foi alvo de financiamento por dois programas comunitários, AGRO e AGRIS, com o qual se plantaram mais árvores, as quais nem chegarão a adultas se esta intenção do Governo for para a frente. Acrescendo ainda o facto de existirem alternativas à localização da construção do estabelecimento prisional.

No momento em que se destaca o papel da floresta e do montado no combate às alterações climáticas, como sumidouro de CO2, e no combate à desertificação, este é um péssimo sinal que este Governo dará.”

Estas foram as palavras do deputado ecologista, Francisco Madeira Lopes, confrontando Sr. Ministro da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas com este crime ambiental e exigindo do Ministro que clarificasse a sua atitude questionando: “vai o Sr. Ministro sancionar este projecto?”.

Face à condução desastrosa da contenção da propagação do nemátodo do pinheiro levada a cabo por este Governo, o deputado Francisco Madeira Lopes confrontou também o Sr. Ministro sobre esta matéria:

“O que é que vamos fazer às zonas desbastadas, designadamente à faixa de contenção?

Que regras, que medidas serão tomadas para a sua reflorestação sustentável? Ou vamos deixá-las entregues à regeneração natural ou mesmo à eucaliptização?

Porque é que os proprietários ainda não foram compensados como estava previsto? Para quando o pagamento dessas compensações? Ou, pelo contrário, já não haverá pagamento uma vez que o Sr. Ministro acha que a responsabilidade de debelar a doença é dos proprietários?”

Fonte: PEV


Loading. Please wait...

Fotos popular