Pravda.ru

Ciência

Primeira central nuclear flutuante do mundo aparecerá na Rússia

10.04.2007
 
Primeira central nuclear flutuante do mundo aparecerá na Rússia

A Rússia iniciou a construção da primeira central nuclear flutuante do mundo, que produzirá energia em 2010, anunciou ontem o vice--primeiro-ministro russo Serguei Ivanov. Ivanov adiantou que o país poderá vir a exportar este tipo de centrais. "Começámos a construir centrais nucleares flutuantes. A primeira plataforma atómica começará a produzir energia em 2010", garantiu Ivanov numa reunião com o Presidente russo, Vladimir Putin, avança a agência Lusa.

A primeira central fornecerá electricidade aos estaleiros navais de Severodvinski, situados num porto do Norte da Rússia, mas, segundo Ivanov, "existem planos para construir sete centrais dessa classe, que poderão ser utilizadas no Norte da Rússia e no Extremo Oriente".

De acordo com o vice-chefe do Governo, já há vários países interessados em adquirir centrais nucleares flutuantes russas. Segundo a imprensa local, a China é um dos compradores mais interessados, tendo por isso investido no projecto. "É importante que a tecnologia utilizada nas centrais flutuantes seja a mais moderna", afirmou Vladimir Putin.


A central flutuante, que utilizará urânio pouco enriquecido (5%), contará com dois reactores, com uma potência de 70 megawatts, e gerará o mesmo volume de energia que uma central atómica terrestre. Além de poder fornecer electricidade a uma cidade com 250 mil habitantes, a central poderá ser utilizada para desalinização de água do mar e aquecimento.

 Fonte Diário Digital 


Loading. Please wait...

Fotos popular