Pravda.ru

Ciência

Mistério de "Alien Uraliano" Alioshenka pode ser revelado em breve

09.04.2007
 
Pages: 12

 A Dra. Ermolayeva concordou na análise de o cadáver ser de um feto prematuro expelido do útero, como em um aborto. O veredicto dos doutores foram como música aos ouvidos de Bendlin. Tudo caía perfeitamente no lugar.

A coisa estranha não era mais um alien, e sim um feto humano, outro caso de aborto ilegal.
O investigador tinha lidado com vários casos de abortos ilegais antes. Ele esperava encerrar o caso logo após um laudo de autópsia.
Bendlin esperava que o médico legista lhe diria que o feto era prematuro ou sub-desenvolvido demais para sobreviver.

Stanislav Samoshkin, chefe do departamento de anatomia do hospital de Kyshtym, não riu nem fez piadas sobre aliens quando o policial trouxe a criatura para seu laboratório.

Ele fez uma autópsia completa e então anunciou que a criatura não era nem humana nem um animal. De acordo com ele era uma forma nova de vida.

Eu encontrei o Dr. Samoshkin anos após o caso do anão de Kyshtym. Segundo ele, ele nunca duvidou da conclusão que chegou naquele dia.

"A criatura não era humana de jeito nenhum. O crânio humano consiste de 6 ossos. O crânio daquela criatura era formado por apenas 4 ossos. Havia outras diferenças na estrutura do esqueleto. Essas anomalias não se parecem com nenhuma má-formação congênita conhecida até hoje", disse o Dr. Samoshkin.

Tradução: Mario Barros, Área 51

Pages: 12

Loading. Please wait...

Fotos popular