Pravda.ru

Ciência

Médicos implantam osso do crânio na perna para removerem tumor cerebral

08.09.2008
 
Médicos implantam osso do crânio na perna para removerem tumor cerebral

Um aposentado ucraniano sofreu severa injúria craniana ao levar coice de um cavalo. O cavalo atingiu o homem de 56 anos de idade em sua têmpora esquerda. Ivan Bilokhvost conseguiu voltar para casa, onde perdeu a consciência. A mulher dele chamou uma ambulância, e o homem foi levado para um hospital distrital, de onde foi mandado para o Hospital Regional de Kiev ( Ucrânia). 

Uma imagem de raios X mostrou que o homem tinha um grande tumor sanguíneo craniano que pressionava-lhe o hemisfério esquerdo do cérebro. Para remover o tumor, os médicos tinham que primeiro remover o osso da têmpora. Precisavam preservar o osso e colocá-lo de volta em seu lugar.

Aleksei Kuprii, neurocirurgião do hospital, resolveu colocar o osso temporariamente no tecido mole da coxa direita do paciente. Quando o tumor sanguíneo fosse removido, o osso temporal seria tirado da coxa e colocado de volta no crânio.

Os médicos levaram a cabo diversas operações sem paralelo em Ivan Bilokhvost. Removeram o osso da têmpora, o tumor sanguíneo e implantaram o osso na perna dele.

"Fizemos a craniotomia, removemos o tumor, e o paciente teria que reabilitar-se no mês e meio seguinte. Usamos uma técnica especial para implantar o osso temporal no tecido mole de sua coxa. Fizemos isso para preservar o osso e evitar o uso de um implante artificial," disse Aleksei Kuprii.

"A primeira coisa que vi quando acordei foi um quarto de hospital. Minha cabeça estava explodindo de dor. Minha mulher Ekaterina estava sentada lá ao meu lado, chorando. Fiquei vários dias na cama do hospital. Quando fui dispensado do hospital, os médicos me disseram para não fazer nenhum exercício físico, não fumar e cuidar de mim próprio. Eu podia sentir o osso temporal em minha perna - era um osso grande," disse ele.

Quando o homem se viu no espelho pela primeira vez depois da operação, ficou horrorizado ao ver que um terço de sua cabeça tinha-se ido.

"Quando eles estavam removendo os pontos eu podia sentir o cérebro encostado na pele fina e esticada, eu podia até tocá-lo com meus dedos. Eu não fiquei com medo de machucar meu cérebro através de minha pele. Eu havia passado por três operações de grande porte e pensado que minha vida havia acabado," disse o homem.

Os médicos prepararam Ivan para a operação seguinte, 45 dias depois.

"Os médicos disseram-me que minha cabeça teria a mesma aparência de antes. De início, não acreditei neles. Pensei que ficaria inválido pelo resto de minha vida. Quando acordei depois da operação, toquei o lugar da machucadura. A cabeça estava completamente reconstruída! Eu e minha mulher ficamos tão agradecidos, eu me lembrarei para sempre de meu médico, Aleksey Kuprii, que me permitiu voltar a este mundo," disse Ivan Bilokhvost.

"Meu marido parou de fumar e começou a gastar mais de seu tempo com nossos filhos. Ele vê a vida de maneira diferente, agora," disse a mulher dele.

 Tradução Murilo Otávio Rodrigues Paes Leme

 zqjxkv@gmail.com ywkzxj@gmail.com


Loading. Please wait...

Fotos popular