Pravda.ru

Ciência

T Pyxidis: Fato ou Ficção?

07.01.2010
 
T Pyxidis: Fato ou Ficção?

Quando a ciência moderna se torna uma vítima da mídia sensacionalista ansiosa para manter a adrenalina a fluir para manter seus leitores e espectadores numa montanha-russa de suspiros e espasmos ... A história de hoje é a destruição iminente da Terra de uma explosão de uma supernova. Mas será mesmo o T Pyxidis assim tão perigoso?


Sky News começou quinta-feira com uma história de terror para seguir a história meteorológica. Afinal, poucos centímetros de neve não é o fim do mundo. O que seria da Rússia se chegasse a um impasse cada inverno?


Assim a história de neve se transformou na da estrela T Pyxidis "prontinha" para ir rebentar em uma explosão tão poderosa, ela "poderia acabar com a Terra". Quem disse? "Astrônomos americanos". Sky News, que acompanhou a guerra do Iraque ao vivo com perguntas aos soldados americanos do tipo “Ei, rapazes! Então vocês estão procurando alguma vingança por 9 / 11?” continua no seu site:


"Está prestes a auto-destruir em uma explosão chamada supernova" e "É muito mais perto do que se pensava" e "o sopro da explosão termonuclear poderia despojar a camada de ozônio da Terra". Uau!


No entanto, quando acaba a histeria e começa a ciência? Onde termina a Sky e onde começa a notícia (News)? E quando é que o Sky News vai começar a noticiar?


O “cenário apocalíptico” previsto pela Sky News, descrito por “astrónomos americanos” foi na verdade um comunicado emitido por Edward Sion, Professor de Astronomia e Física da Universidade de Villanova, à Sociedade Astronómica Americana, ontem, na qual afirmou que T Pyxidis, na constelação Pyxis, está na verdade a 3.260 e não 6.000 anos-luz de distância.


É verdade que é duas vezes tão perto do que se pensava inicialmente, mas tendo em conta que um ano-luz é precisamente nove triliões, quatrocentos e sessenta bilhões, setecentos e trinta milhões, quatrocentos e setenta e dois mil, quinhentos e oitenta vírgula de 8 km (9,460,730,472,580.8 ) (multiplicar por 3.260) e dado que a estrela “poderia” se transformar em uma supernova daqui a “dez milhões de anos”, segundo o professor Sion, dificilmente é o cenário cataclísmico tipo-paragem-cardíaca com que o Sky começou o dia.


O que de fato acontece é que T Pyxidis, uma anã branca, reúne gás da outra estrela vizinha, acumula-se a uma massa crítica e emite uma explosão de energia. A primeira explosão conhecida foi identificada como tendo sido de 1890, em seguida, houve outras em 1902, 1920, 1944 e 1967.


O resto é pura conjectura. Enquanto alguns cientistas duvidam que T Pyxidis alguma vez possa construir-se até ficar uma supernova, a teoria de "Armageddon" é baseado na premissa de que, se - repetimos, se – não for expelido uma quantidade suficiente de matéria durante as explosões, a massa poderia aumentar até passar o limite de Chandrasekhar, nomeadamente de 1,4 vezes a massa do Sol e se transformar em uma supernova tipo 1a. Más notícias.


Não será verdade que o mundo está cada vez mais violento e as crianças estão se tornando menos concentradas e mais distraídas, porque são alimentadas com uma dose diária de imagens de violência, com cada vez maior adrenalina à mistura? Não poderia ser que, se todo mundo se acalmasse um pouco e, por exemplo, relatassem eventos científicos com fatos científicos e não ficção-científica do tipo "Alien vs Predator", que as pessoas seriam mais felizes e o mundo um lugar melhor?

Timothy BANCROFT-HINCHEY

PRAVDA.Ru


Loading. Please wait...

Fotos popular