Pravda.ru

Ciência

Luz para Todos supera meta de ligações em 12 estados

03.12.2008
 
Luz para Todos supera meta de ligações em 12 estados

O programa Luz para Todos superou neste mês a meta de levar energia elétrica a todos os pernambucanos com base nos números da exclusão elétrica do censo do IBGE do ano 2000. Em solenidade realizada na segunda-feira (1°), em Recife, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, anunciaram o atendimento a 85,4 mil residências entre 2004 e 2008 — 7% superior à meta original do programa de 79,8 mil ligações — o que equivale a um universo de 427,3 mil pessoas beneficiadas no estado. O governo federal já repassou R$ 234,6 milhões para as obras do Luz para Todos em Pernambuco, sendo R$ 146,1 milhões a fundo perdido.


Além de Pernambuco, outros 11 estados brasileiros já ultrapassaram as respectivas metas iniciais. São eles: Espírito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe, Alagoas e São Paulo.


O programa - O Luz para Todos é uma política pública do governo federal coordenada pelo Ministério de Minas e Energia, operacionalizada pela Eletrobrás e executada pelas concessionárias de energia elétrica e cooperativas de eletrificação rural. Lançado em novembro de 2003, o programa tem como objetivo levar energia elétrica para mais de 10 milhões de pessoas do meio rural com investimento inicial de R$ 13,2 bilhões, dos quais R$ 9,5 bilhões são do governo federal e o restante é partilhado entre governos estaduais e as empresas de energia elétrica.


A principal diferença do Luz para Todos para programas de eletrificação anteriores é que a instalação elétrica até a moradia é gratuita. O Programa já levou energia elétrica a 890,4 mil domicílios no Nordeste, 294,4 no Norte, 336,8 no Sudeste 143,4 no Sudeste e 124,7 no Centro-Oeste, tirando da escuridão mais de 8,9 milhões de pessoas.


Perfil - O mapa da exclusão elétrica no país revela que as famílias sem acesso à energia estão majoritariamente nas localidades de menor Índice de Desenvolvimento Humano e nas famílias de baixa renda. Cerca de 90% destas famílias têm renda inferior a três salários-mínimos e 80% estão no meio rural. Por conta disso, o objetivo do governo é utilizar a energia como vetor de desenvolvimento social e econômico destas comunidades, contribuindo para a redução da pobreza e aumento da renda familiar. A chegada da energia elétrica facilita a integração dos programas sociais do governo federal, além do acesso a serviços de saúde, educação, abastecimento de água e saneamento.


Durante a execução do programa, novas famílias sem energia elétrica em suas residências foram identificadas o que fez o governo federal prorrogar de 2008 para 2010 o prazo final para atendimento gratuito garantido pelo Luz para Todos.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República


Loading. Please wait...

Fotos popular