Pravda.ru

Federação Russa

Rússia preocupada por proibir TV em russo na Ucrânia

31.10.2008
 
Rússia preocupada por proibir TV em russo na Ucrânia

A Rússia está preocupada por decisão do governo ucraniano de proibir a partir desta sexta-feira a transmissão de canais de televisão russa por cabo . A transmissão dos canais públicos foi proibida mais cedo.

“Os cidadãos ucranianos da origem russa (que representam cerca de 50 % da população da Ucrânia) têm pleno direito de falar russo e de ver os canais de televisão em russo”, disse o vice-ministro de Assuntos Exteriores da Rússia Grigori Karasin , citado pela agência Interfax.

Segundo o vice-ministro , a decisão das autoridades ucranianas revela que a Ucrânia não pode atuar de maneira justa. “Isto nos preocupa . Queríamos que as culturas ucraniana e russa se desenvolvam de forma paralela”, disse.

Karasin expressou a certeza que os passos realizados pelo governo ucraniano devem “alarmar não só a Rússia, mas também os cidadãos ucranianos”. O governo de Kiev ordenou que a partir de manhã as companhias da televisão de transmissão em russo não possam fazê-lo sem cumprir as normas da lei respetiva da Ucrânia.

Em particular, se trata de que pelo menos 50% das emissões dos canais da TV devem ser em língua ucraniana. O prefeito de Moscou , Yuri Luzhkov, declarou hoje que com chegada ao poder na Ucrânia do presidente Victor Yuchenko, no país vizinho aumenta uma onda de “russofobia” e desalojamento da língua russa.

Pravda.ru recebeu alguns comentários de seus leitores na Ucrânia

Elena, a funcionária da TV da cidade de Kharkov:

Isto é um idiotismo puro. Posso entender Victor Yushchenko , que quer administrar plenamente o espaço informático. Moramos na cidade de Kharkov , localizada perto da fronteira com a Rússia, e lá não temos outras fontes de informação além das russas. Temos uma antena de satélite e com a proibição não perderemos a televisão russa. Mas há muitos que vão sofrer . Posso dizer que nem sempre a TV russa dá a informação correta sobre os acontecimentos na Ucrânia , mas a vê toda a gente , porque somos russo-falantes.

Irina, a engenheira da cidade de Dnepropetrovsk, a torcedora da primeira-ministra Yulia Timochenko:

Votou por Yulia Timochenko, mas a proibição de transmitir os canais em russo me causou danos. Se tem medo de ver as notícias russas , não os veja. Se não tem- veja e fica com a própria opinião. Quanto a mim, não vejo os programas noticiosos, mas que me divertem, por exemplo, “Danças no gelo”.


Loading. Please wait...

Fotos popular