Pravda.ru

Federação Russa

Empresa russa ganhou o tênder para construir central atómica búlgara

31.10.2006
 
Empresa russa ganhou o tênder para construir central atómica búlgara

A Rússia devolve a confiança dos parceiros no mercado da energia nuclear, perdida depois de acidente na central de Chernobyl.

 “Rússia volta ao mercado europeu” , declarou hoje o diretor da Agência atómica russa, Rosatom, Serguei Kirienko, ao comentar a notícia a companhia estatal russa , Atomstroyexport, ter vencido o tênder da selecção de umaempresa para construir a central atómica búlgara de Bélene .

A companhia russa recebeu a liçença para construçaõ e  atrairá para os trabalhos as companhias francesa, Areva e a alemã, Siemens. Atomstroyexport, superou na competição as companhias checa, Skoda JS e a Westinghouse, recentemente comprada pela japonesa, Toshiba.

“É uma vitória importante, pois, desde tempos da União Soviética o setor atómico russo não estava presente no mercado europeu da indústria nuclear”, afirmou Kirienko, informa Itar-Tass.

Sublinhou que desta forma , a “Rússia torna-se um dos líderes desse mercado do ponto de vista da segurança de equipamento que produz sua indústria nuclear”.

Segundo a Companhia Eléctrica Nacional búlgara, Atomstroyexport, construirá para a central de Bélene, localizada a 250 da capital búlgara, Sofia , dois blocos energéticos de uma poténcia de 1000 megavátios cada um com reatóres de água ligeira.Espera-se que o primeiro bloco energético da central de Belene começe  funcionar em 2001 e o segundo antes de terminar o ano 2013.

A imprensa búlgara avalia o contrato em 2.500 milhões de euros , aunque alguns expertos russos opinam que pode chegar aos 4000 milhões por ambos blocos energéticos .

Com agências


Loading. Please wait...

Fotos popular