Pravda.ru

Federação Russa

Gorbachev voltaria para política

31.07.2011
 

Gorbachev voltaria para política. 15391.jpegEx-presidente soviético Mikhail Gorbachev pretende voltar para política, informa a imprensa russa. Apesar de ter passado a cirurgia grave na coluna, e 80 anos de idade, ele "se sente capaz de se tornar uma força política, diferente àquela que representa a esgotada (como ele acredita) dupla Putin-Medvedev, cita o ex-secretário-geral do Comitê Central da PCUS o jornal Novye Izvestia .

 Sendo criticado o ex-presidente e hoje o primeiro-ministro da Rússia Vladimir Putin, Gorbachev admite que ele é simpático. "Ele (Putin) foi muito bom no início, durante os primeiros quatro anos, tem feito muito em geral. Eu acho que o legado (da URSS) permaneceu,  provocando devastação e caos. No Exército, na medicina, na política, e assim por diante e assim por diante… Não vou enumerar mais, sabe-se tudo. Eu ainda perdoei e concordei com a sua vertical do poder, porque é que naqueles momentos não era preciso  de ler livros,  devia ver a realidade e da realidade agir ", — disse Gorbachev.

Mas a verdade é que muitos cidadãos russos o consideram culpado de "devastação e caos em todas as áreas", o ex-chefe do Partido Comunista da União Soviética prefere não saber ou dizer.

Quanto às políticas do presidente Dmitri Medvedev Gorbachev disse que "conhece-o um pouco pior do que Putin" . "Sei que é bom advogado(isso significa muito), erudita ", mas "não tem caráter e em alguns casos é fraco". Portanto, de acordo com Gorbachev," não precisamos mais de dupla". Questionado qual seria a alternativa, respondeu que, o primeiro a vir à cabeça é … Mikhail Prokhorov (magnata, o líder do partido Causa Justa (Causa de Direita) da oposição liberal russa promovida por Medvedev).

"Sinto simpatia com ele, mesmo somos amiguinhos. Acho que vai trazer benefícios. Ele, como uma pessoa nova na política, tem algo a dizer. E eu acho que sim, ele vai ", — disse o ex-presidente da URSS. Com elogios semelhantes Gorbachev tinha se pronunciado a favor do" Rússia Justa " (partido que concorre com comunistas), chamando-o de um " bom projeto " e sonhando ele "realizar".

Teriam tais afirmações, pelo menos, algum peso político? Examinando fatos e estatísticas, pode-se dizer que não. De acordo com as pesquisas de opinião pública realizada em março de 2011, o antigo líder soviético quase não incita interesse entre seus compatriotas. Uma pesquisa realizada pelo Centro de Estudos da Opinião Pública (Vtsiom, por sua sigla em russo) revelou que 47% dos russos se sente "indiferente" em relação ao antigo líder.

E se analisar a mídia russa, incluindo a blogosfera, nota-se uma percepção muito negativa de Mikhail Gorbachev. Bloggers lembram-se negativamente dele não só pelo recente aniversário, comemorado em Londres, e não na Rússia, mas por considerá-lo "o principal culpado da pauperização do povo". Até imprensa liberal e opositora escreve que ele "não tem nenhuma relação com a democracia",que foi ele mesmo a ter enviado o Exército a ex-repúblicas soviéticas do Báltico para travar a desintegração da URSS, e que teria sido "o agente de influência do Ocidente". Gorbachev prefere não responder a estas acusações, desfrutando das suas relações com Ocidente, que lhe é grato por realizar o seu grande sonho -o desmantelamento da URSS .

Dizendo sinceramente, com essas políticas e antirancking eleitoral (nomeado para a presidência em 1996, Mikhail Gorbachev ganhou apenas 0,51% dos votos) declarações e recomendações do ex-presidente soviético poderiam ser para os partidos da oposição mais negativas do que positivas.

Lyubov Lulko

Pravda.Ru


Loading. Please wait...

Fotos popular