Pravda.ru

Federação Russa

Jogos Olímpicos Sochi 2014 podem ter mesma sorte que Moscou 1980

31.07.2007
 
Jogos Olímpicos Sochi 2014 podem ter mesma sorte que Moscou 1980

Os Jogos Olímpicos Sochi 2014 podem ter a mesma sorte que Moscovo 1980 se a Rússia desenrolar às costas de Geórgia alguns projetos da infra-estrutura olímpica no território da república secessionista da Abkhazia , adverteu na segunda-feira (27) a Presidenta do Parlamento georgiano Ninó Burdjanadze .

 O assunto é que as autoridades russas propõem a instalar fábricas de cimento e tijolo para a construção de instalações olímpicas na Abkházia, cuja fronteira passa a apenas 30 quilômetros de Sochi, informou o chanceler abcaz, Serguei Shamba.

- A Abkházia está incluída na área olímpica, e esperamos que os investimentos russos contribuam para o desenvolvimento de nossa economia - disse Shamba em entrevista publicada pelo jornal russo "Nezavíssimaia Gazeta".

Segundo o jornal, o vice-primeiro-ministro russo Aleksandr Jukov, responsável pelo projeto de Sochi no Governo, confirmou que a república pró-russa da Abkházia abrigará fabricas de cimento e fornecerá outros materiais de construção para as instalações olímpicas.

Shamba evitou revelar o total de investimentos, lembrando que os projetos ainda estão em fase de estudos pelo Kremlin e pela Prefeitura de Moscou.

O 'Nezavíssimaia Gazeta' disse que a cidade de Sukhumi, capital abcaz, espera receber centenas de milhões de dólares.

O chanceler acrescentou que a Abkházia, situada no litoral do Mar Negro junto ao balneário russo, oferece alojar hóspedes dos Jogos Olímpicos de Inverno em seus hotéis. Assim, a região também espera investimentos russos no setor turístico.

O Moscoou planeja investir a quantia inédita de US$ 12 bilhões na organização dos Jogos de Sochi.

A possibilidade de que a Rússia inclua a Abkházia no projeto motivou imediatamente os protestos da Geórgia.

- Se a Rússia decidir ignorar a soberania da Geórgia e violar acordos internacionais, repetirá o que ocorreu durante os Jogos Olímpicos de Moscou de 1980, quando a URSS foi boicotada por muitos países - disse em Tbilisi a presidente do Parlamento georgiano, Ninó Burdjanadze.

Em Moscou, a embaixada georgiana alertou que "a inclusão da Abkházia na construção de instalações de Sochi sem negociações prévias entre Rússia e Geórgia prejudicará a estabilidade na região e prejudicará a imagem dos Jogos Olímpicos".

- A Geórgia apoiou a candidatura de Sochi e espera que a realização do evento na cidade russa contribua para a estabilidade nessa região e à solução pacífica do conflito georgiano-abcaz - um porta-voz da embaixada disse à agência de notícias russa 'Interfax'.

Analistas consultados pelo 'Nezavíssimaia Gazeta' disseram que os polêmicos planos de Moscou podem reacender o recente conflito diplomático entre Rússia e Geórgia, acompanhado de sanções econômicas russas.

O historiador Aleksei Malashenko, do Centro Carnegie em Moscou, acrescentou que a Rússia oferece um novo pretexto para que a Geórgia atrapalhe a entrada do país vizinho na Organização Mundial do Comércio. A ex-república soviética é um dos últimos países que ainda não aprovaram a adesão de Moscou à OMC.

A Abkházia, território de 8.600 quilômetros quadrados e 300.000 habitantes, oficialmente faz parte da Geórgia, mas rompeu laços com o país logo após a dissolução da URSS. Mais de 90 % da população da república tem a cidadania  russa .

 com Efe


Loading. Please wait...

Fotos popular