Pravda.ru

Federação Russa

Rússia proibe "Inocência dos muçulmanos"

28.09.2012
 
Rússia proibe

Um tribunal da República russa da Chechénia considerou o filme "Inocência dos muçulmanos" de extremista, de acordo com o porta-voz do governo checheno, Murat Tagiyev, segundo a agência Ria-Novosti. A sentença poderia definir uma proibição nacional.

Segundo a legislação da Federação Russa, qualquer decisão aprovada por um tribunal russo em material extremista, se aplica em todo o país, embora cada tribunal possa contestar a decisão para o Supremo Tribunal como o árbitro final.

"O filme conta a história do profeta Maomé de uma forma distorcida e insultante", disse Tagiyev. "Por causa disso o Tribunal do distrito Leninsky reconhece este filme como extremista com o potencial para inflamar o ódio sectário e étnico de motivos religiosos. "

O filme pode causar "desestabilização da situação política na região, a maioria da população da qual é muçulmana", acrescentou.

Os provedores da Internet nas Repúblicas do Cáucaso Norte limitaram o acesso para o YouTube, onde o vídeo tinha sido originalmente postado.

O Tribunal de Moscou Tverskoy está definido para considerar a proibição do filme em 01 de outubro. Com certeza apoiará a sentença do Tribunal checheno.

Protestos contra o filme foram notificados ontem, tanto no Cáucaso do Norte da Rússia como na Criméia, a república da Ucrânia , onde vive uma forte minoria muçulmana.

Lyuba Lulko

Pravda.Ru


Loading. Please wait...

Fotos popular