Pravda.ru

Federação Russa

Situação de emergência na Rússia por envenenamento de massa

26.10.2006
 
Situação de emergência na Rússia por envenenamento de massa

Em diferentes regiões da Rússia registram-se centenos de casos de envenenamento em massa por álcool adulterado. A situação mais grave  é na provincia (oblast) de Pskov. As autoridades de Pskov declararam estado de emergência na região, pelos inúmeros casos de hepatite tóxico causado pelo consumo de álcool adulterado, que já provocou cerca de 400 pessoas hospitalizadas e quinze mortas, informa Interfax.


"Pela primeira vez se implantou o estado de emergência devido a intoxicações em massa", afirmou hoje o "Canal 1" da televisão russa, ao comentar a medida adotada na véspera pela Administração de Pskov.

“ Os envenenados sofrem de uma forma de hepatite tóxica não-contagiosa e foram hospitalizadas durante as últimas três semanas", declarou Serguei Nikoforov, chefe dos médicos da província de Pskov.

Os especialistas descobriram no álcool adulterado as substâncias , habitualmente utilizadas na produção dos medicamentos. Porém ao reagir com o álcool estas substâncias tornam-se perigosas para a saude.

Os casos da intoxicação pelo álcool adultado foram registrados nas províncias de Kirov(237 pessoas hospitalizadas , 21 mortas) de Perm (200 hospitalizadas ), de Vladimir(80 hospitalizadas) e de Irkutsk, onde foram hospitalizados 470 pessoas , 4 ficaram mortas .

 Segundo a imprensa russa, pelo menos 63 pessoas morreram nas últimas semanas no país por ingestão de álcool adulterado e mais de 1.500 tiveram que ser hospitalizadas com sintomas de hepatite tóxica.

“ No mercado existe grande número de álcool adultero, e istoé um problema enorme, declarou ontem  Presidente Vladimir Putin entrevistado pelos cidadãos russos . Hoje o premiê, Mikhail Fradkov, realiza uma reunião do seu gabinete para discutir a situação. "Serão feitas as decisões rígidas. Muitos funcionários públicos se despedirão de suas cadeiras", disse  uma fonte do governo . 

Segundo dados do Ministério do Interior, a cada ano cerca de 42 mil russos morrem por intoxicação causada por bebidas alcoólicas adulteradas .

Com agências de notícias 

 


Loading. Please wait...

Fotos popular