Pravda.ru

Federação Russa

Chávez transmitiu saudaçoes de irmãos Castro a Medvedev

26.09.2008
 
Chávez transmitiu saudaçoes de irmãos Castro a Medvedev

O presidente da Venezuela Hugo Chávez iniciou a sua visita à Rússia. Ontem (26) teve um encontro com o primeiro-ministro russo Vladimir Putin. Após a reunião Putin declarou que as relações da Rússia com a América Latina serão a maior prioridade de Moscou. Não é estranho, tendo em conta que em relação às  atividades  da Rússia em conflito militar  com  Geórgia,  só os países latino-americanos ( Cuba, Nicarágua e Venezuela) a apoiaram com  toda firmeza.

Putin propôs a Chávez a cooperação na área de energia nuclear. "Estamos todos prontos para considerar a possibilidade de operar na esfera da energia atômica pacífica", disse Putin .

Putin anunciou um empréstimo de US$ 1 bilhão à Venezuela para que o país latino compre as armas russas e comunicou que a Gazprom - companhia de gás russa - está pronta para começar a explorar hidrocarbonetos na costa venezuelana no final de outubro. "Estou muito contente de informar que está planejado o lançamento da primeira torre de perfuração da Gazprom para o fim de outubro", declarou.

A aliança militar entre a Rússia e Venezuela se fortalece. Venezuela já comprou caças de combate, tanques e rifles gastando cerca de 4, 2 bilhões de dólares. Há pouco os bombardeiros russos Tu-160 regressaram do país latino, da base militar da qual realizaram os vôos de patrulhamento.

"Eu não posso deixar de agradecer você pela cordialidade na recepção da equipe de nossos aviões bombardeiros estratégicos que passaram vários dias na Venezuela", disse Putin a Chávez.

Chávez, por sua vez, disse considerar que a manutenção de relações mais próximas entre Caracas e Moscou ajudará a fortalecer um mundo multipolar.

 É obvio , que o governo russo, enfim, chegou à conclusão que a melhor maneira fazer parar os norte-americanos na sua atividade anti-russa perto das fronteiras russas é dirigir atenção dos EUA às regiões da sua influência tradicional na América Latina.

Esta sexta-feira (26) Hugo Chávez terá um encontro com o presidente russo Dmitri Medvedev na cidade de Orenburgo , nos Urais. Segundo a informação oficial, serão discutidas as questões da cooperação econômica, principalmente, de setores energético e mineiro.

Segundo um porta-voz do Kremlin em projetos desenvolvidos na Venezuela além da Gazprom , participarão Lukoil, TNK-BP, ( ambas petrolíferas) Alumínios de Rússia, Vnigaz ( de gás) , RusKaolin, Rasnoimport( os metais não ferrosos ). E em perspetiva se prevê a execução de projetos conjuntos relacionados com infra-estrutura rodoviária e transporte aéreo. O porta-voz disse que a postura de Rússia e Venezuela em muitos aspetos é próxima ou coincide. Hugo Chávez transmitiu saudações a Medvedev dos dirigentes de Cuba, Fidel Castro e Raul Castro.

O cruzador nuclear "Pedro, o Grande" o principal navio da Frota do Norte, o navio anti-submarino "Almirante Chabanenko", el reborcador "Nikolai Chikin" e o navio cisterna "Ivan Búbnov seguem estes dias para Venezuela para participar nas manobras militares conjuntas.

 Por Lyuba Lulko


Loading. Please wait...

Fotos popular