Pravda.ru

Federação Russa

Gorbachev critica expansão da OTAN

25.05.2009
 
Gorbachev critica expansão da OTAN

O primeiro e último presidente da URSS, Mikhail Gorbachev, acredita que o falecido líder da igreja católica romana, Papa João Paulo II, deve ser declarado como Santo, realçando que “Disse que a Europa devia respirar com ambos os pulmões. Isso significa que o leste e o oeste da Europa devem ser peças iguais e válidas. Isto é absolutamente certo”.

“Eu acredito que ele deve ser canonizado. Era uma pessoa surpreendente. Era um humanista, eu estou pronto para apoiar essa causa” disse Gorbachev a Interfax.

O Sr. Gorbachev disse que tinha falado com o Papa João Paulo II em algumas ocasiões. O papa deu o seu ponto de vista em muitas questões, e estava absolutamente correto,.

“Disse que a Europa devia respirar com ambos os pulmões. Isso significa que o leste e o oeste da Europa devem ser peças iguais e válidas. Isto é absolutamente certo,” disse Gorbachev

O Sr. Gorbachev igualmente lembrou das palavras do pontífice sobre a nova ordem mundial. “Disse que a nova ordem deve ser mais estável, e apenas humana. Eu penso que eu repeti essas citações suas umas cem vezes”.

Gorbachev criticou a expansão a leste da aliança do Atlântico Norte. Igualmente reivindicou que os líderes ocidentais não mantinham suas promessas que fizeram pessoalmente a ele. A República Federal da Alemanha, os EUA e outros países ocidentais prometeram a Gorbachev que depois da unificação da Alemanha em 1990 que a OTAN não se expandiria a leste, relatou o DW-Mundo.

Os americanos, disse Gorbachev, não cumpriram suas promessas, visto que os alemães lhe mostraram sua indiferença. “Provavelmente festejaram ao ver que tinham enganado os russos. Em consequência disso, os russos não acreditam mais nas promessas ocidentais,” disse.


Loading. Please wait...

Fotos popular