Pravda.ru

Federação Russa

Tupolev-154 caiu atingido por um relâmpago

23.08.2006
 
Tupolev-154 caiu atingido por um relâmpago

O avião russo o Tupolev –154 caiu ontem na Ucrânia, matando, segundo o Ministério de Situações de Emergência russo todas as 169 pessoas a bordo ( 159 passageiros e 10 tripulantes) .Tu-154 fazia a rota entre as cidades russas de Anapa, situada na costa do Mar Negro, e São Petersburgo.

O acidente foi causado pelo mau tempo e por turbulências. Funcionários da companhia Pulkovo Airlines disseram que a aeronave foi atingida por um relâmpago durante uma tempestade.

 Segundo o Ministério de Situações de Emergência ucraniano, o avião sofreuum incêndio quando estava a 10 mil metros de altitude.

O piloto optou por realizar um pouso forçado, mas o trem de pouso não abriu, informou o porta-voz do ministério, e a queda ocorreu 45 km a norte de Donetsk, cidade no leste da Ucrânia. Segundo o governo russo, houve um pedido de socorro do avião às 15h37min, hora local.

Dois minutos depois a aeronave não era mais detectada pelos radares.
Segundo o vice-diretor da Pulkovo Airlines, Anatoly Samoshin, havia 45 crianças no avião, 39 crianças de até 12 anos de idade e mais 6 bebés menores de 2 anos.

 Samoshim disse que o piloto tentou subir mil metros para tentar fugir da tempestade, mas após subir dois mil metros mandou a primeira mensagem de alerta. O piloto ainda mandou duas mensagens, a última a 3 mil metros de altitude.

As fontes oficiais informam que a maioria dos passageiros eram os russos  ou ucranianos , mas também haviam passageiros de outros paises , em concreto holandeses. Oficialmente a lista das vítimas ainda não está publicada.


Funcionários do governo russo e ucraniano descartaram a hipótese de terrorismo. O acidente "não foi um ataque terrorista", afirmou Leonid Belyayev, do Ministério de Situações de Emergência da Rússia. O presidente Vladimir Putin anunciou  que amanhã, 24 de agosto ,será o dia de luto na Rússia em memória dos mortos no acidente.


Um acidente aéreo não causava tantas mortes desde 19 de fevereiro de 2003, quando um avião militar iraniano caiu, matando todos os 276 tripulantes. Em 2006, o pior acidente havia sido com um Airbus-310 em Irkusk, na Rússia, quando 124 pessoas morreram.


Loading. Please wait...

Fotos popular