Pravda.ru

Federação Russa

Polícia Russa vendendo gravação telefónica

22.06.2007
 
Polícia Russa vendendo gravação telefónica

Um escândalo no posto policial da Rússia em Moscou. O Serviço Federal de Segurança russa descobriu que, policias fazem gravação de conversas telefónicas dos cidadãos russos na esquadra e depois vendem-nas aos interessados.

Este novo serviço prestado pelos policiais, praticamente já tinha tomado o rumo. Por um valor razoável o cliente podia encomendar a gravação da pessoa desejada. Como costume, do serviço gozava os homens de negócios e políticos.

O Serviço Federal de Segurança começou a desconfiar do chefe da delegacia de Moscou, comunica hoje  o jornal Kommersant. Foi preso o adjunto do chefe da polícia, Mihail Yanikin. No escritório dele fora encontrado muitas gravações com conversas telefónicas, e no cofre do serviço encontrado 9 mil dólares em rublos.

 Ele foi dispensado do trabalho junto com o chefe também, Nikolai Orlov. A gravação telefónica só pode ser feita com a autorização do tribunal, diz o Serviço Federal de Segurança russa (FSB). Os polícias colocavam na lista os números de telefones encomendados pelos clientes, autorizados pelo tribunal, segundo o FSB. O adjunto, Yanikin dirigia a lista ao chefe e este assinava, dando ordem as gravações.

A investigação começou há alguns meses atrás, depois de serem divulgadas essas conversas telefónicas na Internet.

Tradução Dério Nunes


Loading. Please wait...

Fotos popular