Pravda.ru

Federação Russa

A expedição russa encontrou o Quebra-gelo Cheluskin

21.09.2006
 
A expedição russa encontrou o Quebra-gelo Cheluskin

Os participantes da expedição arqueológica subaquática “Cheluskin 70” conseguiram enfim encontrar o lendário Quebra-gelo “Cheluskin”, que se afundou à 70 anos atrás, diz o "press-service" da região Chukotka (oeste da Rússia). As tentativas para encontrar este navio foram iniciadas em 2004, mas acabaram por nada. Nesta vez a expedição encontrou o navio logo depois da submerção.

A busca foi feita por meio do sonar subaquático e sonda acústica. Depois os mergulhadores continuaram o trabalho. Eles fizeram 5 submerções para a profundidade de 49 metros para identificar a origem deste objecto. Eles conseguiram partilhar 2 fragmentos do navio e levanta-los para a superficie. Toda a operação foi filmada pelos mergulhadores. As fotografias dos fragmentos tiradas do navio e amostras do metal vão ser enviadas para o Copenhagen, a companhia que criou "Cheluskin" à 70 anos atrás. Lá os especialistas vão examinar e analisa-lo, e isso vai ser a última identificação do objecto. Só depois poderemos falar de um objecto arqueológico. Os fragmentos vão ser expostos no museu.

“Cheluskin” (o seu primeiro nome foi “Lena”) foi construído em 1933 na Dinamarca nos estaleiros da companhia Burmeister and Wain (B&W, Copenhagen) sob a ordem das organizações soviéticas ligadas com o comércio exterior. O navio foi feito, especialmente para as expedições para o norte.

No dia 2 de Agosto de 1933 o Quebra-gelo Cheluskin, com 112 tripulantes, saiu de Murmansk em direcção a Vladivostok, , ele estava a treinar o esquema de transportação das cargas usando o Caminho Marítimo do Norte (versão oficial). Mas no mar, o navio perdeu-se no gelo. Andou à deriva durante 7 meses, até ser “engolido” pelo gelo; Afundou-se em 2 horas e uma pessoa morreu.

A tripulação de 111 pessoas conseguiu sair no gelo, vivendo lá 3 meses. Só graças à aviação de boa qualidade, os marinheiros foram encontrados e salvos. Os pilotos daquela companhia tornaram-se os primeiros Heróis da União Soviética.


Loading. Please wait...

Fotos popular