Pravda.ru

Federação Russa

Rússia não reconhece "rebeldes" como Governo da Líbia

19.07.2011
 

Rússia não reconhece "rebeldes" como Governo da Líbia

Rússia não reconhece Sergei Lavrov, Ministro das Relações Exteriores da Federação Russa, declarou na segunda-feira que a Rússia não reconhece os "rebeldes" líbios como Governo porque isso envolveria tomar partes num conflito interno, contra a lei internacional.

Lavrov declarou na segunda-feira numa conferência de imprensa em Moscou, "Nós não partilhamos essa posição por uma razão simples - esta posição significa que mais uma vez que aqueles atrás do reconhecimento estão tomando a parte de uma força política na guerra civil na Líbia. Outra vez isso significa que aqueles que tomaram esta decisão estão prosseguindo uma política de isolamento, nesse caso o isolamento de Tripoli".

As suas declarações seguiram a declaração de Hillary Clinton, Secretário de Estado para as Relações Externas dos EUA, na Sexta-feira em que Washington reconhece os "rebeldes" como Governo da Líbia. Mais de 30 estados no ocidente e no Médio oriente reconhecem Benghazi como o legítimo governo da Líbia até que seja instaurado um governo interino.

"Quanto a nós, tal como em qualquer conflito, rejeitamos o isolamento como caminho a resolver problemas e acreditamos na inclusão. Nesse contexto mantemos contactos a vários níveis com Tripoli e Benghazi," acrescentou.

Timofei Belov

Pravda.Ru

 

 

 


Loading. Please wait...

Fotos popular