Pravda.ru

Federação Russa

Morto na Rússia, Rappani Khalilov, representante da Al-Qaeda

18.09.2007
 
Morto na Rússia, Rappani Khalilov, representante da Al-Qaeda

O Serviço de Segurança da Rússia  (FSB) em conjunto com a Polícia local , realizou ontem (17) uma operação militar no território da Republica  caucasiana  de Dagestão, no resultado da qual foi morto Rappani Khalilov, um dos líderes da guerrilha chechena , responsável pelos atos de terrorismosmo dos atentados mais mortíferos contra a Rússia.

 Rappani Khalilov e um outro guerrilleiro morreram durante um enfrentamento de 12 horas de duração, em uma aldeia em Dagestão, depois de policiais terem cercado uma casa, segundo o porta-voz do Ministério do Iinterior russo, Mark Tolchinsky.

 Segundo as autoridades, Khalilov esteve atrás de atentados de 2002 contra os participantes de um Parada do dia 9 de maio ( Dia da Vitória na II Guerra Mundial) na cidade de Kaspiysk que deixou 45 mortes, e atrás da invasão dos rebeldes chechenos a Dãgestão em 1999 com o objetivo de estabelecer um estado islâmico na república, que deixou mais de 130 mortes.

 O FSB confirmou a identificação de Khalilov, que segundo a fonte em setembro 2005 foi nomeado o comandante do fronte em Dagestão , o representante da Al-Qaeda em Caucaso Norte.

 De acordo com os familiares da Khalilov, até 1998 ele tinha o comportamento adequado, mas as mudanças aconteceram após ele  ficar infectado pelo islamismo radical. Há dois anos atrás o pai de Khalilov  o renegou publicamente como filho.

 Por Lyuba Lulko 


Loading. Please wait...

Fotos popular