Pravda.ru

Federação Russa

Expansão da OTAN: França apoia a Rússia

18.03.2009
 
Expansão da OTAN: França apoia a Rússia

França se opõe a um papel global para a OTAN e quer que a Rússia seja consultada antes de qualquer expansão da aliança, o ministro de defesa francês Herve Morin disse em uma entrevista terça-feira (AP).

A visão da França sobre a OTAN é relevante porque os funcionários de defesa europeus disseram que Paris está nas negociações para tomar um controle de dois centros de comando - incluindo um em Norfolk, Virgínia, que é responsável para apresentar uma visão a longo prazo para a aliança.

“Nós acreditamos que a ampliação da OTAN deve ser posta na perspectiva da questão de enfraquecer OTAN,” disse o ministro de defesa Herve Morin disse Associated Press, adicionando que todo o movimento deve tomar em consideração

“o relacionamento com a Rússia. “Os antigos estados soviéticos da Geórgia e Ucrânia têm expresso interesse em aderir à OTAN. “Estas são coisas que não podem ser decididas sem falar ao nosso vizinho russo,” acrescentou.

O ministro disse que a Assembleia Nacional está prestes a debater os planos do Presidente, Nicolas Sarkozy, de realinhar a França na OTAN, que abandonou há 43 anos. Em 1966, o Presidente Charles de Gaulle, enfurecido pelo domínio Britânico-Americano da aliança, retirou a França do comando da OTAN, fechando a sede em Paris e expulsando as suas forças do solo francês. Mas França nunca saiu da aliança completamente, e durante as últimas duas décadas tem-se movido mais perto dela porque a ameaça da guerra fria tem-se tornado em ameaças globais novas como o terrorismo.

O Ministro prosseguiu: “A renovação do conceito estratégico, a renovação das missões da aliança, não devem levar, na nossa opinião, a uma OTAN que se transforma num ‘NATO’ global”. A OTAN é “primeiramente um pacto da segurança colectiva. Hoje, é um instrumento de paz e segurança, acima de tudo é isso”.

França é o 4º maior contribuinte à OTAN em termos de tropas e dinheiro, está presente em todas as suas comissões menos duas (Grupo de Planejamento Nuclear e Comando Militar Integrado) e tem estado presente em todas as missões desde os anos 90.

Em Abril, França e Alemanha são anfitriões da 60ª Cimeir da OTAN.

Konstantin KODENETS


Loading. Please wait...

Fotos popular