Pravda.ru

Federação Russa

Ainda cinco na corrida presidencial na Rússia

18.01.2008
 
Ainda cinco na corrida presidencial na Rússia

Os dois candidatos autoproclamados, Andrei Bogdanov, presidente do Partido Democrático da Rússia, e Mikhail Kassianov, antigo primeiro-ministro e líder da União Popular Democrática da Rússia, apresentaram esta quinta-feira as listas com dois milhões de assinaturas de eleitores recenseados para poderem ser candidatos às presidenciais na Rússia em março deste ano.

Três dos candidatos, Dmitri Medvedev, da Rússia Unida e apoiado pelo presidente Putin, Vladimir Jirinovski, dirigente do Partido Liberal Democrático da Rússia e Guennadi Ziuganov, líder do Partido Comunista da Federação da Rússia, foram automaticamente registados por terem o apoio de forças políticas representadas na Duma Estatal (Câmara Baixa) do Parlamento russo.

Agora, a Comissão Eleitoral tem dez dias para verificar toda a documentação de dois  autoproclamados, e até 27 de Janeiro e anunciar os candidatos que continuarão na corrida presidencial.

Os dois candidatos que não são apoiados por partidos com assento parlamentar ainda podem ser afastados da corrida, se a Comissão Eleitoral considerar "inválidas" mais de 05 por cento das assinaturas reunidas por eles.

Segundo documentos apresentados pelos candidatos, Bogdanov gastou 811 mil rublos (cerca 23 mil euros) e Kassianov 4 milhões e 700 mil rublos (cerca de 115 mil euros) para reunirem as assinaturas.



Loading. Please wait...

Fotos popular