Pravda.ru

Federação Russa

Colecção de Rostropovich comprada por uma pessoa antes do início do leilão do Sotheby´s

17.09.2007
 
Colecção de Rostropovich comprada por uma pessoa antes do início do leilão do Sotheby´s

A colecção do violoncelista russo Mstislav Rostropovich leiloada por sua viúva, cantora Galina Vishnevskaya, no Sotheby´s foi comprada hoje (17) um dia antes antes do início do leilão por um multimilionário russo Alisher Usmanov que tem a intenção de devolve-lá à Rússia. O magnata da indústria r do aço é também o dono do diário russo Kommersant e possui 14,5% das ações do FC Arsenal, da Inglaterra.

A leiloeira britânica Sotheby´s, esperava recolher mais de 13 milhões de libras (cerca de 19 milhões de euros) por essa colecção que contem cerca de 500 obras de arte.

A viúva de Rostropovich indicou que se trata de uma colecção «única», pelo que exige conservação, protecção, restauro e um seguro a longo prazo.

«Não fizemos uma colecção de arte, mas uma decoração para o nosso apartamento parisiense, para lá vivermos. Comprámos aquilo de que gostávamos, o que nos enchia a alma», sublinhou.

A soprano revelou que o par começou a adquirir as obras de arte - pinturas, cerâmicas, móveis e peças de loiça - quando teve de abandonar a União Soviética com rumo a Paris, em 1974, quando foram expulsos pelo regime comunista.

O casal guardava esses objectos no seu apartamento de Paris, comprado quatro anos depois de se exilar em França, e num outro em Londres.

Das obras da colecção, destacam-se várias telas de Ilia Repin, um dos melhores pintores russos, entre as quais «Bolcheviques», que nunca foi exposta.

«Ninguém o conhece. O quadro mostra um soldado do Exército Vermelho que tira o pão a um menino», descreveu.

Segundo a leiloeira britânica, a obra mais importante é um óleo sobre tela do pintor russo Boris Dmitrievich Grigoriev (1886-1939), intitulado «Os Rostos da Rússia», avaliado em mais de 1,5 milhões de libras (2,2 milhões de euros).

Outra das «jóias» do leilão será o quadro «O Tesouro dos Anjos» (1905), uma obra do pintor, etnólogo e escritor russo Nikolai Rerikh (Nicholas Roerich, 1874-1947), que adornava o apartamento de Londres.

O casal adquiriu esse quadro de mais de três metros por três em 1998, num leilão da Sotheby´s, por 287.500 libras esterlinas (424.900 euros) e agora os peritos situam o seu preço entre 800 mil e 1,2 milhões de libras (1,1 e 1,7 milhões de euros).

A viúva do músico ainda não decidiu o que fará com outra parte da colecção que se encontra na Rússia e inclui antigos manuscritos musicais que Rostropovich reunia e miniaturas que ela coleccionava.

Considerado o melhor violoncelista do século XX, Rostropovich morreu a 27 de Abril deste ano, aos 80 anos, num hospital de Moscovo.


Loading. Please wait...

Fotos popular