Pravda.ru

Federação Russa

Agenda russa da Cimeira "Grupo de Oito"

17.05.2006
 
Agenda russa da Cimeira "Grupo de Oito"

 Igor Chuvalov, ajudante do Presidente Putin, explicou ontem  o que a Rússia  pretendia discutir na Cimeira do “Grupo de Oito” em São Petersburgo. Chuvalov reafirmou que na agenda russa haveria temas não muito agradáveis para todos. 

 Ele espera  a conseguir o progresso  a serem discutidos os problemas de segurança energética. “ A Rússia  sempre foi e continua sendo um fornecedor seguro de recursos energéticos. Todos os seus compromissos assumidos com o Ocidente estão cumpridos na íntegra” – declarou Igor Chuvalov. Expressou a certeza de que a cúpula do “Grupo dos Oito” em São Petersburgo dissiparia o mito sobre a chantagem do Ocidente pela Rússia apoiada em suas capacidades energéticas.

Ao mesmo tempo, Igor Chuvalov apontou que a posição dos países ocidentais, que anunciam a intenção de diversificar as fontes de entrada de hidrocarbonetos, faz com que a Rússia tenha de buscar novos mercados para sua colocação.

O informante considera que a posição do Ocidente não corresponde ao espírito de parceria. Traduz-se, por exemplo, no campo informativo com que se pretende cercar a Rússia e o qual nada tem a ver com que na realidade se passa no País – comentou Igor Chuvalov.

 A Rússia não incluirá na sua agenda os problemas ligados às relações de Moscovo com a Geórgia,  Bielorússia,  Moldávia.Mas  certamente serão discutidos os problemas da divulgação de SIDA e da ajuda aos países africanos, no contexto de anular as dívidas.

Segundo Chuvalov, hoje  a voz da Rússia interpreta-se de maneira falsa. “Se nós dizemos – não bombardeiam a Jugoslávia –isto não significa que apoiamos o Milocshevich. Se dizemos –não à guerra no Iraque- isto não significa que apoiamos o Saddam.”


Loading. Please wait...

Fotos popular