Pravda.ru

Federação Russa

Moldova: Vitória dos Comunistas confirmada

17.04.2009
 
Moldova: Vitória dos Comunistas confirmada

O presidente Dmitry Medvedev descreveu a desordem pública maciça recente na Moldova como "monstruosa" adicionando que essa questão de “revolução de cor” resulta somente na pobreza.

Os protestos foram iniciados pela oposição após 5 de Abril quando os resultados da eleição parlamentar foram anunciados, cerca de 10.000 amotinadores, principalmente estudantes, quebraram o edifício da residência presidencial e do parlamento.

Várias centenas de pessoas que participavam dos protestos e policiais ficaram feridas.

"Tais actividades civis deve ser realizadas dentro do quadro jurídico e não de maneira racista, que não trazem nada mas que pobreza e problemas com os direitos humanos," disse Medvedev .

O presidente disse que era inaceitável que os protestadores pendurem bandeiras romenas nos edifícios parlamentares e presidenciais que exijam que a Moldova deve se transformar em parte da Roménia. “O que aconteceu na Moldova, é infelizmente um exemplo de como os eventos podem se formar de uma maneira absolutamente inconstitucional”.

“O que nós vimos foi monstruoso, tentativas de pendurarem bandeiras de um outro país nos edifícios principais do estado, os símbolos de um estado,” disse Medvedev .

O presidente moldavo Vladimir Voronin acusou a vizinha Roménia da participação na violência na capital na semana passada e aprovou a introdução de um regime de visto com a Roménia. Voronin, do partido comunista, ganhou quase 50% nas votações, que conduziram a dois dias de desordem pública.

Voronin deveria acabar o mandato em 7 de Maio, mas seu partido ganhou assentos suficientes no parlamento para poder eleger um sucessor sem exigir votos de todos os outros partidos. Uma recontagem dos votos sublinhou a vitória dos comunistas.


Loading. Please wait...

Fotos popular