Pravda.ru

Federação Russa

EUA controlam ONGs expulsos da Rússia

17.03.2016
 
EUA controlam ONGs expulsos da Rússia. 23976.jpeg

MOSCOU - Um grupo que trabalha sem finalidades de lucro e promove a democracia é o mais recente grupo ligado aos EUA a ser banido de território russo, nos termos da lei sobre organizações "indesejáveis" que o presidente Vladimir V. Putin assinou em maio. 

NYT esconde que os EUA controlam as tais "Organizações Privadas (Não Governamentais) Sem Finalidades de Lucro e suuuuuuuper Pró-Democráticas" (ONG-SFL-SuuuuuuPD) que a Rússia acaba de expulsar de seu território - 12/3/2016, Moon of Alabama


O que vem a ser uma Organização Privada (Não Governamental) Sem Finalidades de Lucro e Pró-Democracia?


Rússia bane do território russo Organização Sem Finalidades de Lucro e Pró-Democracia (ing.)

MOSCOU - Um grupo que trabalha sem finalidades de lucro e promove a democracia é o mais recente grupo ligado aos EUA a ser banido de território russo, nos termos da lei sobre organizações "indesejáveis" que o presidente Vladimir V. Putin assinou em maio. 

Na 5ª-feira, o gabinete do procurador geral da Federação Russa declarou banido o "National Democratic Institute", acusado de "ameaçar os fundamentos da ordem constitucional e da segurança nacional da Rússia."


O trecho acima, publicado pelo jornal NYT dedica-se atentamente a não explicar o que realmente é o tal grupo "sem finalidades de lucro e pró-democracia". Nem alguma mínima referência à fonte do dinheiro que mantém o tal grupo ou às relações com outros estados e governos não russos.


National Democratic Institute, grupo que promove a democracia e a sociedade civil, operava na Rússia diretamente desde o final dos anos 1980s; em 2012 decidiu fechar o escritório que mantinha naquele país, como se lê no website. Mas continuou a criar e implantar programas na Rússia mediante organizações parceiras. Madeleine K. Albright, ex-secretária de Estado dos EUA é a presidenta do grupo.


Interrogada sobre as sanções que os EUA impuseram ao Iraque, Madeleine Albright disse certa vez (vídeo) que 500 mil crianças iraquianas era "preço justo" [orig. "worth it"]. Como se sabe, qualquer organização liderada por gente desse tipo sempre será moralmente boa. Mas quem paga as contas? E por que paga?

Para saber exatamente o que é essa organização "sem finalidades de lucro" é importante conhecer a posição russa. Mas o 'jornalista' do NYTatentamente esconde de seus leitores o fato de que o NDI presidido por Albright é organização mantida pelo governo dos EUA. 

É "organização sem finalidades de lucro" tanto quanto as Forças Armadas dos EUA são "organização sem finalidades de lucro". 

 NDI envolveu-se ao longo dos anos em dúzias de golpes de direita para "mudança de regime". É filha em linha direta de descendência de outra "organização sem finalidades de lucro", a National Endowment of Democracy [aprox. Dotação Nacional para a Democracia] norte-americana:


National Endowment of DemocracyNED é organização de direito privado, mantida pelo Congresso dos EUA, e ferramenta sempre controvertida de política externa dos EUA, porque sempre atua apoiando esforços dos EUA para derrubar governos estrangeiros. Como escreveram Jonah Gindin e Kirsten Weld, no NACLA Report on the Americas de jan./fev. de 2007: 

"Desde [1983], a NED e outras instituições governamentais e não governamentais para promoção da democracia intervêm com sucesso a favor, não de qualquer democracia, mas só de um tipo muito particular de democracia de baixa intensidade, que opera em cadeia com economias pró-mercado, em países que vão da Nicarágua às Filipinas, da Ucrânia ao Haiti, sempre derrubando governos 'autoritários' pouco amistosos no trato com os EUA (muitos dos quais, antes, foram apoiados, quando não foram diretamente postos no poder, pelos EUA), e substituindo-os por aliados pró-mercado escolhidos a dedo"[Nota 2, no orig., sem referência (NTs)]. 

NED opera principalmente mediante quatro institutos centrais: o National Democratic Institute for International Affairs (NDIIA ou NDI), oInternational Republican Institute (IRI), o American Center for International Labor Solidarity (ACILS) e o Center for International Private Enterprise - os quais representam respectivamente: os dois maiores partidos políticos dos EUA, os grandes sindicatos nacionais e a comunidade empresarial.


Designar o NDI e organizações irmãs como "não governamentais" é obviamente falso. Dizer que seriam "pró-democracia" só é verdade se se esclarece que se trataria de um determinado tipo de "democracia" que só funciona em países estrangeiros, onde seja preciso promover interesses empresariais e comerciais dos EUA, acima dos interesses das populações locais (e também contra esses interesses).

A organização que o procurador geral da Federação Russa chutou para bem longe do território russo é, bem obviamente, órgão do governo dos EUA. A NDI atuava clandestinamente na Rússia, financiando operações e ações e movimentos contra o governo legal e legítimo que os russos elegeram, e contra o interesse do próprio povo russo.

New York Times, de mentalidade paroquiana atrasista e golpista, não apenas não informa, como faz o possível para que seus leitores tenham chance praticamente zero de virem a ser corretamente informados sobre esses fatos.*****

 


Loading. Please wait...

Fotos popular