Pravda.ru

Federação Russa

Japonês morto enquanto praticava pesca furtiva

16.08.2006
 
Japonês morto enquanto praticava pesca furtiva

Não é a primeira vez que um navio japonês viola as águas territoriais da Federação Russa. Desta vez, lamentavelmente, um membro do tripulação de uma embarcação japonês morreu na sequência da operação pela guarda costeira da Rússia. O Ministério das Relações Exteriores da Federação Russa explica o caso:

“Às 05.45 hora de Sakhalin no dia 16 de Agosto um barco de patrulha russo viu uma lancha sem sinais de identificação e sem luzes dentro das águas territoriais da Rússia na área das Ilhas Tanfilyev e Anuchin. O barco violador desafiou as ordens dos guardas para parar e tentou fugir por fazer manobras perigosas e tentando abalroar o navio de patrulha quando sua tripulação tentou entrar na embarcação”.

O MRE da Federação Russa declara que os membros do barco de patrulha viram claramente os tripulantes japoneses a atiraram produtos marinhos (polvos e caranguejos) para o mar juntamente com armadilhas para caranguejos.

Quando finalmente os guardas interceptaram o barco, encontraram os restantes produtos marinhos e 25 armadilhas para caranguejos. Os tripulantes não tinham qualquer documentação, nem permissão de pescar, quanto menos estarem nas águas territoriais russas.

Na sequência das manobras perigosas deste barco japonês, quando os guardas russos estavam a fazer tiros de aviso através da proa, infelizmente um membro foi mortalmente ferido, sendo o único vítima.

“O MRE lamenta profundamente a morte do membro da tripulação. Ultimamente, os serviços russos competentes chamaram a atenção dos representantes oficiais japoneses repetidamente sobre a actividade de pesca furtiva dos japoneses nas águas territoriais russas, e exigiram a restauração da lei. Infelizmente, não prestaram atenção a estes avisos.

“É evidente que a responsabilidade por este incidente jaz inteira e completamente com os culpados directos e os representantes das autoridades japonesas que estão coniventes com as actividades de pesca furtiva por pescadores japoneses nas águas territoriais da Rússia,” conclui o Ministério.

O barco japonês e a sua tripulação estão detidos no porto de Yuzhno-Kurilsk na Ilha de Kunashir, tendo o cônsul japonês sido informado sobre o incidente.

Timofei BYELO

PRAVDA.Ru


Loading. Please wait...

Fotos popular