Pravda.ru

Federação Russa

Sibéria em estado de emergência devido às temperaturas negativas abaixo de 50 graus

16.01.2008
 
Sibéria em estado de emergência devido às temperaturas negativas abaixo de 50 graus

A Sibéria enfrenta estes dias uma onda de frio sem precedentesque йгу  vem acompanhada de céus claros e vento forte  com temperaturas abaixo de 50 graus Celsius. Em várias cidades da região foi declarado o estado de emergência.

Assim na cidade de Tomsk, com a pupulação de cerca de um milhão de habitantes, o pessoal encarregado dos serviços básicos trabalhará em jornada contínua, e se limitará o transporte público e o horário do comércio, indústria e serviços, disse Victor Loschinkin, chefe do comitê de Emergência regional à agência Interfax.

Acrescentou que foram mobilizadas todas as brigadas disponíveis para consertar várias avarias nas linhas de alta tensão que deixaram três localidades da região sem energia.
Em algumas zonas os trabalhadores não podem chegar até as torres porque a maioria das estradas estão bloqueadas pela neve.

As baixas temperaturas, que oscilam entre 48 graus Celsius e 53 graus Celsius abaixo de zero, causaram também o congelamento de várias torres de armazenamento de água potável, por isso a provisão à população afetada é feita em caminhões.

Nas cidades siberianas de Novosibirsk, Kemerovo e a república de Altai se mantém desde ontem o alerta devido às baixas temperaturas, em um dos invernos mais rigorosos nesta parte da Rússia nos últimos anos.

A onda do frio da Siberia chegou ontem 15) até o Líbano onde causou quatro mortos, e arrasou colheitas e árvores frutíferas em todo o Líbano, informa hoje a imprensa local, segundo Efe.

Onda trouxe temperaturas extremamente baixas em algumas regiões do Líbano, como os 12 graus abaixo de zero na montanhosa região dos Cedros, ao nordeste de Beirute.


Loading. Please wait...

Fotos popular