Pravda.ru

Federação Russa

Rússia oferece ajuda a Palestina

15.05.2006
 
Rússia oferece ajuda a Palestina

Moscovo elogia posição palestiniana

A Rússia exprimiu seu agrado ao saber da abordagem do Presidente palestiniano Mahmoud Abbas de reiniciar negociações com Israel e se declarou pronta a ajudar.

Na sua reunião com Mahmoud Abbas hoje em Sochi, Mar Negro, Vladimir Putin declarou que a Rússia é sempre fiel amigo dos palestinianos e disse que “Sei que você aplica notáveis esforços para normalizar a situação nos territórios ocupados e queria saber os problemas que enfrenta para ver como podemos ajudar.”

Durante conversações com Vladimir Putin, Mahmoud Abbas declarou que está pronto a resumir negociações com Israel. Aleksandr Saltanov, Sub-Ministro das Relações Exteriores, declarou que Moscovo espera que o Israel aceite esta iniciativa e declarou que apesar de apelos por certas partes de terminar as negociações com o Governo HAMAS, Moscovo irá continuar a sua política de negociar com todas as partes democraticamente eleitas.

A Rússia favorece a continuação das negociações entre todas as partes envolvidas, incluindo HAMAS e reitera seu apoio para a abordagem Mapa de Estrada elaborada pelo Quarteto (ONU, U.E,, EUA e Federação Russa)

Mahmoud Abbas disse que “Esperamos que o novo governo de Israel se junte a nós em negociações pois somos parceiros e acreditamos numa solução pacífica”.

No início de Maio, o Governo da Rússia doou 10 milhões de USD à Autoridade Palestiniana para ajudar a resolver problemas de financiamento na área de cuidados de saúde, depois dos EUA e a UE terem suspendido apoio monetário por causa de HAMAS ter ganho as eleições em Janeiro. Moscovo está a considerar outras formas de apoio ao Governo palestiniano. De acordo com Aleksandr Saltanov, “quando chegam apelos concretos, são recebidos com grande atenção”.

Relativamente a HAMAS, Rússia exige que renuncie à violência e que aceita a existência de Israel como Estado.

Konstantin KODENETS

PRAVDA.Ru


Loading. Please wait...

Fotos popular