Pravda.ru

Federação Russa

Moscou: Conferência sobre Cáucaso deve incluir Ossétia do Sul e Abkházia

14.10.2008
 
Moscou: Conferência sobre Cáucaso deve incluir Ossétia do Sul e Abkházia

O Ministério dos Negócios Estrangeiros da Federação Russa considera que as conversações sobre o conflito na Geórgia em Genebra esta semana não vão produzir resultados significativos se não participarem representantes da Ossétia do Sul e Abkházia.

A conferência internacional em Genebra começa na quarta-feira, centrando-se em futuros acordos de segurança para as ex- Repúblicas da Geórgia, reconhecidos como independentes pela Rússia, e na situação na região como um todo, depois da guerra de cinco dias entre a Rússia e a Geórgia, depois deste país ter atacado de forma selvática e covarde a Ossétia do Sul, no início de agosto.

"A nossa posição sobre a questão é clara e imutável - sem a Abkházia e a Ossétia do Sul, vai ser impossível chegar a qualquer acordo sobre a sua segurança", disse Andrei Nesterenko, porta-voz do MRE da Federação Russa.

O Ministro dos Negócios Estrangeiros francês Bernard Kouchner, cujo país detém actualmente a presidência da União Europeia, afirmou na segunda-feira que representantes da Ossétia do Sul e à Abkházia “muito provavelmente participarão nas conversações como solicitado pelos russos”.

Nesterenko também disse que as duas repúblicas, que Rússia reconheceu como independentes em 26 de agosto, iam buscar garantias de segurança jurídica, incluindo acordos sobre o não uso de força pela Geórgia.

O porta-voz de Moscou reiterou apelos anteriores para um embargo sobre as armas pesadas e ofensivas à Geórgia para evitar uma nova onda de violência no Cáucaso. As tropas da Rússia saíram da Geórgia ainda antes da data acordada, 10 de Outubro e foram substituídas por uma força de monitorização da União Europeia.

Fonte: RIA Novosti

Konstantin KODENETS
PRAVDA.Ru


Loading. Please wait...

Fotos popular