Pravda.ru

Federação Russa

Único marinheiro é resposavel por acidente no submarino "Nerpa"

13.11.2008
 
Único marinheiro é resposavel por acidente no submarino "Nerpa"

A Procuradoria da Rússia concluiu que um dos marinheiros foi responsável do acidente no submarino nuclear “Nerpa” que provocou a morte de 20 pessoas (3 militares e 17 civis).

“Os investigadores do Comité Nacional de Investigação (CNI) estabeleceram que um dos tripulantes sem razão alguma para isso , ativou o sistema de extinção de incêndios e já admitiu sua culpa. É um dos marinheiros da tripulação”, disse o porta-voz da CNI, Vladimir Markin, segundo Ria Novosti.

O acidente ocorreu dia 8 de novembro durante os testes no Mar de Japão. Além de 20 pessoas mortas, foram hospitalizadas 21 pessoas em estado gravidade diversa, mas hoje não há alguma ameaça para a vida deles.

As autopsias revelam que a morte foi causada pela intoxicação do gás freon , utilizado no sistema de extinção de incêndios. Fontes oficiais confirmaram que o reator não foi danificado e funciona no regime normal.

No momento de desastre no submarino se encontravam 208 pessoas, entre eles 127 civís.

O submarino atômico “Nerpa” ( K-152, projeto 971, classe Schuka-B) pertence a submarinos da terceira geração e foi último colocado nos estaleiros da URSS em 1991.

O “ Nerpa” ( Akula, segundo a classificação da OTAN) de deslocamento de 8.140/12.770 toneladas, alcança os 30 nós da velocidade máxima, pode submergir a 600 metros e uma autonomia de 100 dias. O submarino leva 4 tubos lança-torpedos de 533 mm e outros 4 de 650 mm.


Loading. Please wait...

Fotos popular