Pravda.ru

Federação Russa

Rússia inaugura um monumento nos EUA

13.09.2006
 
Rússia inaugura um monumento nos EUA

O monumento “Lágrima de dor”, de autoria de famoso arquiteto da Rússia, Zurab Tsereteli, foi um presente do povo russo ao povo dos EUA. O monumento tem 32 metros de altura . 3024 nomes dos mortos no ato de terrorismo pelo 11 de setembro são gravados num painel.

” Para os russos não existe dor alheia” – declarou na segunda-feira o presidente do Conselho da Federação (câmara alta do parlamento), Serguei Mironov, ao   inaugurar o monumento  em memória das vítimas dos atos terroristas em Nova Iorque .

 Ele disse que o povo da Rússia conhece os sentimentos de tristeza , dor e ódio dos terroristas. Ele lembrou que o presidente Vladimir Pútin foi o primeiro dos líderes esrangeiros a telefonar a George Bush em 11 de setembro de 2001, para expressar condolências e oferecer ajuda na liquidação das consequências do ato terrorista, que ceifou a vida de mais de 3 mil pessoas.

Mironov disse que a humanidade civilizada compreende que o terrorismo não tem fronteiras e nacionalidade, não depende da cor da pele ou da religião. Ele também qualificou de necessária a ativação dos esforços dos parlamentares de todos os países para a criação de espaço jurídico único no campo do combate ao terror.

Na cerimônia de inaguração do monumento , assistida pelo ex-presidente dos EUA ,Bill Clinton,  foi lida uma mensagem de George Bush, que diz que o povo dos EUA partilha da dor e sofrimentos dos russos que também foram vítimas de atos terroristas monstruosos.

Pravda.ru


Loading. Please wait...

Fotos popular