Pravda.ru

Federação Russa

Berezovsky prepara golpe de Estado na Rússia

13.04.2007
 
Berezovsky prepara golpe de Estado na Rússia

O magnata russo russo Boris Berezovsky, que recentemente foi liberado para entrar no Brasil para investir no Corinthians e no setor aéreo brasileiro disse ontem em uma entrevista que está planejando uma golpe de Estado na Rússia para derrubar o presidente Vladimir Putin, segundo comentários publicados em The Guardian na sexta-feira (13).

"Nós precisamos usar a força para mudar esse regime", disse Berezovsky, que recebeu asilo na Grã-Bretanha.

"Não é possível mudar esse regime através de meios democráticos. Não é possível haver mudança sem força, pressão."

Questionado se estava incitando um golpe de Estado, ele disse: "Você está absolutamente correto".
Berezovsky, disse estar em contato com membros da elite política da Rússia.

Ele afirmou que essas pessoas -- que preferiu não identificar porque, segundo ele, isso colocaria suas vidas em risco -- compartilham sua opinião de que Putin está corroendo as reformas democráticas, centralizando o poder e infringindo a constituição russa, de acordo com o Guardian.
"Não há chance de o regime mudar através de eleições democráticas", disse Berezovsky.
O empresário afirmou que está oferecendo sua "experiência e ideologia" aos seus contatos, e acrescentou: "Há ainda algumas medidas práticas que estou tomando agora, e a maior parte delas é financeira".

O porta-voz do Kremlin Dmitry Peskov condenou os comentários, qualificando-os de ofensas criminosas, e disse esperar que eles colocassem em questão o status de refugiado de Berezovsky na Grã-Bretanha, afirmou o jornal.


"De acordo com a nossa legislação, (suas observações estão) sendo tratadas como crime. Isso causará alguns questionamentos das autoridades britânicas ao senhor Berezovsky", disse Peskov ao jornal.
"Nós queremos acreditar que Londres jamais garantirá asilo a alguém que queira usar a força para mudar o regime na Rússia."

No mês passado, Berezovsky encontrou-se com investigadores russos em Londres para responder questões sobre o assassinato do ex-espião da KGB Alexander Litvinenko, envenenado em Londres em novembro do ano passado.

Berezovsky ficou conhecido no Brasil depois que jornais publicaram que ele seria um dos investidores ligados à MSI, que desenvolve uma controversa parceria com o Corinthians desde 2005.
O russo esteve no país em 2006 e chegou a ser interrogado por promotores que investigam os negócios da parceira corintiana.

Nesta semana, o deputado estadual Vicente Cândido (PT-SP) afirmou a jornalistas ter obtido do governo federal a garantia de que o empresário pode vir ao Brasil sem correr o risco de ser extraditado para a Rússia. “A negociação foi complicada, o governo russo fez muita pressão. Eles queriam que o Brasil aceitasse o pedido de extradição, mas isso não irá mais acontecer", afirmou Cândido.

Berezovsky teria interesse de construir um estádio para a Copa do Mundo de 2014, além de fazer investimentos nos setores energético e de infra-estrutura.

 Fonte com  Reuters 


Loading. Please wait...

Fotos popular