Pravda.ru

Federação Russa

Ryabkov: Ilegítimas as sanções dos EUA ao Irã

13.02.2014
 
Ryabkov: Ilegítimas as sanções dos EUA ao Irã. 19789.jpeg

Vice-chanceler russo considera ilegítimas as sanções dos EUA ao Irã


Moscou, (Prensa Latina) O vice-ministro russo de Relações Exteriores Serguei Ryabkov considerou hoje ilegítimas as sanções unilaterais contra o Irã, incentivadas por círculos de direita dos Estados Unidos, em resposta ao progresso nas negociações em torno do programa nuclear do país persa.


Recusamos esse tipo de política e a natureza de tais sanções, declarou Ryabkov aos jornalistas convidados à recepção do novo embaixador iraniano, Mehdi Sanaei, em ocasião do 35º aniversário da Revolução Islâmica.


O vice-chanceler disse que as represálias estadunidenses são ilegítimas, carecem de uma base legal, e ao mesmo tempo contradizem os fundamentos das relações entre os Estados.


Particularmente essas sanções, destacou, obstaculizam o progresso ulterior das negociações do sexteto de mediadores internacionais e o Teerã.


O diplomata se referiu à ampliação de medidas punitivas de Washington com uma nova lista contra pessoas e organizações por negociar com essa república islâmica sem acatar a proibição unilateral implantada pelos Estados Unidos.


Uma nota da Chancelaria da Rússia afirma que novas sanções estabelecidas pelo Departamento do Tesouro estadunidense contra o Irã contradiz os acordos estabelecidos durante as negociações em Genebra, pactuados pelos cinco membros do Conselho de Segurança (Rússia, China, Estados Unidos, França e Reino Unido), mais a Alemanha.


Não nos pode convir a conduta de alguns políticos dos Estados Unidos, que obstruem o ambiente positivo que se criou como base para o ulterior desenvolvimento das tratativas, disse Ryabkov.


Manifestou convicção de que o período decorrido é só o começo, e destacou avanços significativos na solução das divergências ao redor do programa nuclear que o Irã desenvolve com fins pacíficos.


Segundo o vice-ministro, Moscou cumprimenta a atenção especial que a liderança iraniana presta a essa linha, em busca de um acerto definitivo do conflito, que o Ocidente iniciou há mais de uma década.


A comemoração de um novo aniversário da Revolução iraniana foi assumida como um pretexto para construir novos planos e recordar que em nossas relações "há muitas coisas boas realizadas, mas devemos avançar", enfatizou Ryabkov.


No plano das relações bilaterais, o diplomata destacou a história de séculos que caracterizam os vínculos entre Moscou e Teerã.


Houveram períodos de vai-vens, mas hoje as relações têm um bom fundamento. Somos vizinhos amistosos e não temos reclamações um do outro, disse o diplomata.


Para o vice-chanceler, os laços russo-iranianos têm um futuro brilhante, guiado por objetivos e metas comuns, como o desenvolvimento dos laços econômicos, a solução de problemas relacionados com os desafios à segurança regional, o narcotráfico, as questões ecológicas, e aspectos inerentes à cooperação no área do Cáspio.


Reiterou que com o Irã, a Rússia sustenta um diálogo aberto, transparente e de mútua confiança.

http://www.iranews.com.br/noticia/11740/vice-chanceler-russo-considera-ilegitimas-as-sancoes-dos-eua-ao-ira


Loading. Please wait...

Fotos popular