Pravda.ru

Federação Russa

Rússia encerra todas as escolas do British Council

12.12.2007
 
Rússia encerra todas as escolas do British Council

O Governo russo encerra todas as escolas do British Council ( Conselho Británico) no país a partir de 01 de Janeiro de 2008, anunciou hoje o Ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia. O British Council está dedicado a promover a cultura do Reino Unido e ensinar a idioma inglesa. Mas na realidade organiza uma propaganda da superioridade da Grã-Bretanha. O postulado numero um dessas “aulas” é que o Reino Unido sempre é justo e competente e o postulado número dois é que se tem dúvidas, veja o número um.

Entretanto , Mikhail Kaminin, porta-voz do MNE da Rússia, justificou a tomada dessa medida com «a ausência de base jurídica que regularize a actividade do British Council na Federação da Rússia».

Segundo ele, o British Council começou a sua actividade na Rússia no início dos anos 90 e abriu a sua sede central em Moscovo.

Depois, sem a base jurídica necessária, abriu 15 filiais no país.

«Além disso, na actividade prática dessa organização tiveram lugar violações da legislação russa na esfera das finanças, fiscal e outras» - acrescentou.

Mikhail Kaminin declarou também que o British Council, ao exercer as suas funções nos edifícios dos consulados, viola a Convenção de Viena sobre as relações consulares, «porque essa organização nada tem a ver nem com as representações diplomáticas, nem com as consulares».

Segundo o porta-voz russo, o problema do estatuto do British Council na Rússia deverá ser resolvido através da assinatura de um acordo bilateral sobre a criação e actividade de centros culturais e informativos.

«Porém, os esforços da parte russa no sentido de preparar esse documento esbarrou nas acções inamistosas de Londres, que foram acompanhadas da implementação de toda uma série de medidas discriminatórias», frisou.

«A parte russa defendeu sempre o desenvolvimento de laços com a Grã-Bretanha no campo da instrução, da ciência e da cultura, mas isso não significa que a actividade das organizações que trabalham nesta esfera, incluindo o British Council, pode entrar em contradição com as normas da legislação russa e do Direito Internacional» - concluiu.

O British Council desmente todas as acusações e em declarações à Lusa um funcionário atribui esta atitude ao mau momento das relações russo-britânicas, provocado pela «guerra dos espiões».


Loading. Please wait...

Fotos popular