Pravda.ru

Federação Russa

Altos oficiais russos morreram na queda de um helicóptero militar

12.09.2006
 
Altos oficiais russos morreram na queda de um helicóptero militar

 Onze militares russos morreram e outros quatro ficaram feridos na queda de um helicóptero militar Mi-8 perto de Vladikavkaz, capital da república , da Ossétia do Norte , informou ontem a Força Aérea da Rússia (FAR). O acidente ocorreu às 17h31 de Moscou (10h31 Brasília).

 Os militares morreram no incêndio causado pela queda do aparelho, acrescentou o coronel Alexandr Drobishevski, porta-voz da FAR, citado pela agência "Interfax". Segundo os primeiros elementos recolhidos, entre os mortos figuram o responsável do Estado-maior da região militar do Cáucaso do Norte, general Vladimir Sorokin.

Na madrugada da terça –feira , apareceu a informação sobre a sorte do décimo quinto ocupante do helicóptero militar . Segundo Ria-Novosti , o militar que estava desaparecido foi encontrado morto. O helicoptero se partiu em dois ao cair na terra em Yuzhni, perto da capital da Ossétia do Norte. Além dos três tripulantes, viajavam no aparelho 12 militares - três generais e nove oficiais com patentes de major ou coronel -, membros de uma comissão de inspecção de logística do Exército russo.

O aparelho tinha partido ontem da Ossétia do Norte com destino à maior base militar russa no Cáucaso Norte, a de Khankala, perto de Grozni, capital da Chechénia. Ainda não se sabe se a queda foi acidental ou se o helicóptero foi derrubado . Uma comissão que vai investigar as causas da queda começa o seu trabalho só hoje , depois de amanhecer.


Loading. Please wait...

Fotos popular