Pravda.ru

Federação Russa

No Dia da Independência a Rússia já é um novo Estado

12.06.2007
 
No Dia da Independência a Rússia já é um novo Estado

Hoje é é feriado nacional na Federação Russa. No dia 12 de junho de 1990, a Rússia declarou sua independência da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas. O Congresso dos Deputados do Povo aprovou a declaração de soberania, acelerando a derrocada da União Soviética.  Assim foi criada a Federação Russa , cuja presedência foi assumida por recém falecido Boris Eltsin.

Na terça-feira, a Praça Vermelha será palco de um concerto e de outras atividades relacionadas com à festa.

 Desde 1990 o pais alterou sua simbólica: bandeira, escudo,  além da musica do seu hino substituindo só o texto. 

 O exército russo iniciou nesta terça-feira (12) a substituição de antigas bandeiras soviéticas em suas unidades militares, algumas das quais ainda mostravam o perfil de Stalin, por um modelo novo, com a histórica Cruz de São Jorge.

Aproveitando a festa nacional, o Dia da Rússia, altos chefes militares entregam novas bandeiras às 16 primeiras unidades e academias militares, das 2.135 que mudarão seu estandarte ao longo de três anos, informou a agência Itar-Tass.

"Vivemos há mais de 16 anos num novo Estado, que já mudou seus símbolos. Mas as Forças Armadas ainda mantêm os seus velhos emblemas", explicou há poucos dias o vice-ministro da Defesa russo, o general Alexandr Belousov.

Ele acrescentou que a troca dos velhos estandartes, alguns dos quais "ainda com o perfil de Lenin e Stalin ou inscrições como" Morte aos ocupantes fascistas", dos tempos da Segunda Guerra Mundial", é um processo objetivo, "sem conteúdo político".

"Não renunciamos aos símbolos e as tradições militares soviéticas, pois mantivemos as condecorações da época", lembrou o general, ao explicar que as velhas bandeiras serão guardadas nas unidades militares.

A nova bandeira, da mesma forma que a antiga, é quadrada, de 130 por 130 centímetros, mas com a imagem da Cruz de São Jorge, a mais alta condecoração na história do Exército russo, e com um medalhão com o emblema de cada unidade militar.

"A Cruz de São Jorge simboliza a disposição da unidade militar para defender a pátria", explicou o chefe do Departamento de Heráldica do Ministério da Defesa, o coronel Oleg Kuznetsov.

O coronel geral Nikolai Solovtsov, comandante das Forças Estratégicas da Rússia (FER), lembrou que no dia 29 de maio o Exército testou um novo míssil balístico intercontinental, o RS-24, capaz de transportar várias cargas nucleares, como resposta aos planos dos Estados Unidos de postar na Europa parte de seu escudo antimísseis.

Acrescentou que as FER preparam além disso os lançamentos de dois mísseis RS-20 Voyevoda, os foguetes balísticos nucleares mais potentes do mundo.

 Com EFE


Loading. Please wait...

Fotos popular