Pravda.ru

Federação Russa

Rússia moderniza o Exército após conflito no Cáucaso

12.02.2009
 
Rússia moderniza o Exército após conflito no Cáucaso

Um relatório do ministério da Defesa russo analisou a operação de imposição de paz à Geórgia , realizada no início de agosto do ano passado, e concluiu pela necessidade de modernizar o armamento das tropas russas, declarou ontem (10) o general do Exército Vladimir Boldyrev, segundo Interfax.

O comandante das tropas terrestres precisou que, em primeiro lugar , se trata de carros de combate blindados, técnica de alta precisão e um adequado abastecimento combativo.

Considerando as recomendações do relatório, planifica-se cambiar radicalmente a situação quanto às unidades de disposição combativa permanente.

O general enumerou os meios de comunicação, inteligência , guerra electrônica, navegação e dos módulos individuais de combate. Referiu os planos de fornecimento dos novos modelos de armamento pesado ( blindados, artilharia e meios de defesa antiaérea).

Durante a operação de imposição de paz à Geórgia militares russos combateram, pela primeira vez, contra as formações regulares, preparadas segundo as normas da Otan e dotadas de armamento moderno, incluindo de fabricação da Aliança.

“Nossos efetivos enfrentaram, também, unidades inimigas, dotadas de técnica de fabricação soviética, modernizada pela Ucrânia ( sistemas de extinção de massa Buk), República Checa, Bulgária, Israel e outros”, disse Boldyrev. As tropas georgianas utilizaram a tática do exército norte-americano caracterizada , em particular, por provocar um dano máximo ao inimigo sem entrar em uma confrontação com este.

Porém , as unidades russas do distrito militar do Cáucaso do Norte (58 o Corpo de Exército ) cumpriram a missão colocada em prazo de 5 dias, disse Boldyrev. Os georgianos fugiram das posições conquistadas, abandonando o armamento , munições e técnica em geral.

De maneira coincidente com o general, o primeiro-ministro Vladimir Putin, disse que os cortes do orçamento não prejudicarão contratos militares, aprovados para 2009. Este ano o governo investe mais de 38 bilhões de dólares para exercer os contratos de defesa. Entre 2009 e 2001 os investimentos estatais a esse setor totalizarão mais de121 bilhões de dólares.

 Por Lyuba Lulko


Loading. Please wait...

Fotos popular