Pravda.ru

Federação Russa

Kovtun tornou-se um suspeito principal no caso de Litvinenko

11.12.2006
 
Kovtun tornou-se um suspeito principal no caso de Litvinenko

No domingo o testemunha principal no caso de Litvinenko tornou-se um suspeito principal. A polícia de Hamburgo, Alemanha, confirmou este domingo a descoberta de traços de Polónio 210 na casa da ex-mulher de Dmitri Kovtun, atualmente homem de negócios russo, ex-agente do FSB ( Serviço Federal de Segurança).

 A mesma substância radioactiva foi detectada no prédio da antiga sogra de Kovtun, também na Alemanha. A Procuradoria de Hamburgo afirma estar investigando Kovtun como um dos suspeitos de manipulação imprópria do material radioativo.

Investigadores afirmam que o empresário russo visitou sua ex-mulher em um apartamento em Hamburgo, uma noite antes de seguir para Londres, onde encontrou Litvinenko no dia 1º de novembro, dia em que o ex-agente russo ficou doente.

Dmitri Kovtoun encontra-se actualmente internado num hospital de Moscovo mas as notícias sobre o seu estado de saúde não são claras. Interxax comunica , citando as próprias fontes Kovtur ter uma lesão radioactiva de forma grave, mas os advogados de Kovtun negam esta informação.

Os investigadores britânicos que se encontram em Moscovo já tiveram a oportunidade de interrogar Dmitri Kovtun, mas não fotnecem informações sobre o evento.


Loading. Please wait...

Fotos popular