Pravda.ru

Federação Russa

Presidente da Federação Russa sobre a situação na Ossétia Sul

11.08.2008
 
Presidente da Federação Russa sobre a situação na Ossétia Sul

Presidente Dmitry Medvedev: Como se sabe, Rússia manteve e continua a manter uma presença no território georgiano numa base absolutamente legal, realizando sua missão da manutenção de paz de acordo com os acordos concluídos. Nós consideramos sempre manter a paz a nossa tarefa primordial. Rússia foi historicamente um garantor para a segurança dos povos do Cáucaso, e esta situação continua a ser verdadeira hoje.

A noite passada (7), as tropas georgianas cometeram um ato de agressão contra os defensores da paz russos e contra a população civil em Ossétia Sul. O que ocorreu é uma violação brutal da lei internacional e dos mandatos que a comunidade internacional deu a Rússia como um parceiro no processo de paz.

Os atos de Geórgia causaram vítimas mortais, incluindo elementos dos defensores da paz russos. A situação alcancou o ponto onde os membros da equipa de manutenção da paz georgianos abriram fogo contra defensores da paz russos, com quem é suposto trabalhar em conjunto para realizar sua missão de manutenção da paz nesta região. Os civis, mulheres, crianças e pessoas adultas, estão morrendo hoje em Ossétia Sul, e a maioria deles sao cidadãos da Federação Russa.

De acordo com a Constituição e as leis federais, como o Presidente da Federação Russa é meu dever proteger as vidas e a dignidade de cidadãos russos onde quer que estejam.

São estas circunstâncias que ditam as etapas que nós tomaremos agora. Nós não permitiremos que as mortes de nossos concidadãos passem sem serem castigadas. Os autores receberão a punição que merecem.

Presidente Dmitry Medvedev


Loading. Please wait...

Fotos popular