Pravda.ru

Federação Russa

Escândalo na ONU : Rússia sai da hipnose

09.02.2012
 

Escândalo na ONU : Rússia  sai da hipnose. 16411.jpeg

Segundo diferentes jornais on-line árabes, tais como Argélia ISP ou Alalam, antes da votação no Conselho de Segurança da resolução contra a Síria o Ministro dos Negócios Estrangeiros do Qatar, Sheikh Hamad bin Jassem Al-Thani, disse ao representante permanente da Federação Russa das Nações Unidas, Vitali Churkin: "Gostaria de advertir contra qualquer veto sobre a crise na Síria, a Rússia tem de aceitar a decisão da ONU, caso contrário perderá todos os países árabes … "

"Se você falar comigo desse jeito, não haverá mais tal coisa como Qatar a partir de hoje … ", respondeu Churkin.

A retórica similar dos políticos russos, talvez, ninguém tenha ouvido falar desde a época da União Soviética. O único político na Rússia que  falava desta maneira  na arena exterior foi Putin.

Nos últimos anos, temos começado a ouvir declarações semelhantes de outros políticos russos, por exemplo, de Dmitri Rogozin em relação à sua saída da Representação russa na Otan em Bruxelas: "Desde que a Otan não estava feliz com o meu choupo (choupo em russo topol, se trata do sistema de mísseis balísticos Topol-M) … eu decidi colocá-lo, não- dois aqui", escreveu no seu blog.

O próprio Vitali Churkin desmentiu as informações sobre assunto. "Eu estou lidando com a mídia para um quarto de século, mas nada disto jamais viu", disse o embaixador russo . "Esta é uma desinformação notória e mentiras", disse, segundo  Itar-Tass.

Seja como for, mas é evidente a Rússia estar saíndo da hipnose do Ocidente em que permanecia depois do colapso da URSS. O incidente é uma indicação séria do crescimento da autoestima e influência do país na arena internacional.

Na votação no Conselho de Segurança da ONU, Rússia e China usaram o veto, bloqueando a resolução anti-síria baseada na iniciativa da Liga dos Estados Árabes. O representante do forte aliado do Ocidente Qatar estava entre os apoiantes mais activos da resolução.

As relações entre Rússia e Qatar têm se deteriorado fortemente em torno da situação na Síria, bem como após os oficiais da Alfândega do Qatar  haviam batido o embaixador russo Vladimir Titorenko. Segundo o Ministério dos Negócios Estrangeiros russo, Titorenko foi agredido por seguranças do aeroporto, na tentativa de retirar seu malote diplomático. Como resultado, o embaixador foi danificado, bem como os dois diplomatas acompanhado.

Qatar manifestou o seu pesar pelo incidente, mas se recusou a pedir desculpas.

Lyuba Lulko

Pravda.Ru


Loading. Please wait...

Fotos popular