Pravda.ru

Federação Russa

Stalin transformou a história em 7 de novembro de 1941

08.11.2011
 

Stalin transformou a história em 7 de novembro de 1941. 15894.jpegNo dia 7 de novembro, em homenagem ao 70 aniversário da batalha de Moscou, foi reconstruída a Parada militar histórica de 1941 na Praça Vermelha. A Rússia lembrou aqueles os mais duros dias na sua história moderna. Hoje sabemos que o impacto do desfile para forças emocionais da nação não pode ser superestimado. Não era o desfile do Dia da Vitória, mas foi um desfile de futuros vencedores.

Em outubro de 1941 as tropas alemãs chegaram a 30 quilômetros de Moscou. O dia 16 de outubro de 1941 virou para capital russa um dia negro. Na véspera, o Comité Estatal de Defesa (GKO), adotou uma resolução "Sobre a evacuação da capital da URSS, Moscou." De acordo com este decreto, de Moscou devia ser evacuado o governo, a administração do Estado-Maior General, academias militares, comissariados (ministérios), embaixadas. As fábricas de grande importância, usinas de energia, pontes e metropolitano tinham que ser minados e ao todo o trabalhador e funcionário foi resolvido dar uma libra de farinha ou grãos e o salário para um mês com antecedência.

Além de todos os problemas de má administração, o metro não funcionava, os elétricos foram parados e padarias fechadas. A cidade entrou em pânico e população começou a abandonar a capital. Nos caminhos que levaram para o leste e sul se estendia a multidão de carros e a pé com os nós e malas, sem perceber para onde ia. Apartamentos, lojas, armazéns abandonados foram saqueados. Mas o lider soviético Iosif Stalin não se obedeceu à decisão do Politburo do PCUS da sua evacuação. No mesmo dia16 de outubro ele ordenou à liderança do Estado Maior General realizar em 7 de novembro os desfiles militares em Moscou e Kuibychev (atualmente Samara- Red).

Em 1 de novembro o Comandante do Distrito Militar de Moscou, o tenente-general Pavel Artemyev chegou ao Kremlin com o relatório para Stalin sobre o reforço da defesa da zona de Moscou. Stalin foi de mau humor. Olhos pesados​​, bolsas sob eles — a noite inteira trabalhando. Mas ouviu com atenção. Então, de repente ele perguntou:
— E como os preparativos para o desfile, camarada general?
— Que desfile, o camarada Stalin? — perguntou Artemyev, decidindo que tinha ouvido errado. Que tipo de paradas podem estar envolvidos, quando fascistas estão a 50 km de Moscou?
— Para desfile militar em homenagem ao 24 º aniversário da Grande Revolução de Outubro — disse Stalin, acendendo o cachimbo. "E lembre, nenhuns fascistas devem impedir de realizar o desfile. O povo não o entenderá, camarada Artemyev", acrescentou.

De acordo com muitos historiadores, o novembro de 1941 foi o mês mais duro da Guerra Patriótica. O Exército Vermelho perdeu muito na Bielorrússia e Ucrânia. Em novembro as armadas blindadas fascistas ocuparam a região Donbass que representava por 60% da produção soviética de carvão, 75% — de coque e 30% — 20% de ferro — aço. No noroeste, em torno de Leningrado, foi formado o anel do bloqueio. E no centro do país as tropas de von Bock e Guderian estavam rasgadas para o coração do país, Moscou.

No entanto, a situação começou a mudar, e não a favor dos alemães. Exaustos pela luta contínua, frio e estradas ruins, os nazistas foram perdendo força e com ela a explosão ofensiva. Em suas memórias o general do Exército Alemão Guderian escreveu que o comando tinha sido forçado muitas vezes a fornecer as tropas com combustível e munições pelo ar. Mas o fator mais desagradável para eles foi a crescente resistência do Exército Vermelho.

Na noite de 07 de novembro no Kremlin, segundo a ordem de Stalin, as estrelas nas torres foram descobertas e acesas e o Mausoléu de Lenin desmascarado. Contrariamente à tradição do desfile, o discurso foi pronunciado por próprio Stalin. "A guerra que vocês estão levando é uma guerra de libertação, uma guerra justa. Que inspire-os nesta guerra a imagem corajosa dos nossos grandes antepassados ​​ - Alexander Nevsky, Dmitry Donskoy, Kuzma Minin e Dmitri Pozharsky, Alexander Suvorov e Mikhail Kutuzov! Que a bandeira vitoriosa de Grande Lenin ofusce-os ! ", disse.

Após o desfile os participantes ficaram agradecidos e a todos foi dado 100 gramas de vodka. Eles beberam, jantaram e foram para a frente. Após o desfile houve uma crise nas conversas, atitudes,até as mudanças em tudo se tornaram visíveis. O que aconteceu na mentalidade de cada um refletiu em seu comportamento. Nos dias seguintes os moscovitas se apresentaram bastante diferentes — sorridentes, alegres, seguros. O pânico acabou.

O  famoso desfile  de 07 de novembro de 1941 teve um significado profundo para URSS. "A organização de uma parada militar em Moscou, num momento em que nos arredores da cidade estavam decorrendo as batalhas duras, têm mostrado ao mundo que Moscou está e estará invencível. É um magnífico exemplo de coragem e bravura", escreveu naqules dias o jornal inglês News Chronicle.

Lyuba Lulko

Pravda.Ru


Loading. Please wait...

Fotos popular